Tecnologia de segurança antecipa o furto em ambientes

Imagine se as câmeras de segurança dos ambientes pudessem enviar alertas via whatsapp para o dono do estabelecimento, e até sonoros para o possível meliante no ato da situação de risco? Foi essa a tecnologia desenvolvida pela startup Vision Space – uma empresa na área de tecnologia, focada em Internet das Coisas (IoT) e Inteligência Artificial, incorporada pela empresa de software e gestão empresarial Viasoft, que possui mais de 30 anos no mercado.

“Nosso sistema inovador utiliza de câmeras de segurança para extrair dados que possam ser importantes para diferentes segmentos, como marketing, higiene, comercial e na segurança”, explica o sócio-fundador, Christiano Belli.

Funciona da seguinte forma: diferente das câmeras de segurança que apenas registravam 24h de movimento e só era possível analisar o sinistro após seu acontecimento, as câmeras agora são usadas em tempo real. A Vision aproveita a infraestrutura de câmeras existentes em um estabelecimento e gera alertas via WhatsApp de movimento, detecção de invasores e retirada de objetos do local. Elas são ligadas a uma rede de internet e transmite os dados 24h por dia, antecipando riscos e oferecendo uma gestão muito mais eficiente.

“A qualquer sinal de movimentação diferente, o dono do local recebe um alerta, e a nossa central manda um comando de voz para o estabelecimento, como ‘Olá fulano, você está perdido, precisa de ajuda’”, conta Belli. “O dono do local pode, inclusive, chamar a polícia, em casos extremos”, completa.

Em Curitiba, a tecnologia é aplicada em diversas unidades da maior rede de mercados autônomos do país, o market4u. Como o ambiente é inteiro autônomo, as câmeras podem identificar os clientes que, por ventura, saiam sem pagar. “Além de falar com os clientes em tempo real, é possível identificar o inadimplente e enviar a cobrança posteriormente”, conta o CEO do market4u, Eduardo Córdova.