Robô curitibano está entre vencedores da etapa latino-americana da Imagine Cup 2018

Imagine-Cup1_2018-779x389

A Microsoft anunciou os vencedores da etapa latino-americana da Imagine Cup, competição global da companhia que transforma projetos acadêmicos em startups de sucesso.

Os vencedores Adam Robô (Brasil),desenvolvido em Curitiba, Eranoi (México) e LEXA (Argentina) foram anunciados em cerimônia realizada em São Paulo, onde reuniu, pela primeira vez, competidores da América Latina. A vitória da etapa garante três das 34 vagas na final global que será realizada em Seattle, EUA, no mês de julho.

A grande campeã da Imagine Cup 2018 será premiada com mais de US$ 100 mil dólares, somando dinheiro, viagens e créditos em nuvem, como subsídio ao desenvolvimento do projeto, além de mentoria de Satya Nadella, CEO da Microsoft.

“Foi uma etapa muito difícil de decidir, pois tivemos projetos inovadores em um nível que nos surpreendeu, especialmente porque temos três projetos focados em saúde e acessibilidade. Estamos com grandes expectativas para a final global”, comemora Rodrigo Dias, gerente de Programas Acadêmicos e Startups da Microsoft Brasil.

Ao todo, foram inscritos mais de 5 mil competidores e 183 projetos, sendo que estavam entre os selecionados oito brasileiros, três mexicanos, um argentino e um chileno, de universidades públicas e privadas.

Os finalistas foram avaliados de acordo com critérios como inovação, caraterísticas técnicas, aplicabilidade e modelo de negócio. A banca julgadora foi formada por empresários e especialistas em startups.

Veja mais detalhes dos projetos campeões da etapa latino-americana da Imagine Cup 2018:

ADAM Robô – Centro Europeu (Brasil – PR)

Uma solução que utiliza inteligência artificial para identificar problemas oftalmológicos como miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia (vista cansada), e obter o resultado em até cinco minutos a preço acessível.

Eranoi – Instituto Tecnológico de Veracruz, Instituto Tecnológico de Culiacán, Universidad Insurgentes (México)

A solução é um sistema de monitoramento que mede, em tempo real, os sinais vitais de um paciente como temperatura, umidade, frequência cardíaca, oxigênio no sangue e atividade elétrica do coração por meio de máquina de aprendizado e inteligência artificial.

LEXA – ITBA (Argentina)

Usando a tecnologia de blockchain pública aberta, a solução armazena prescrições médicas, a fim de viabilizar as informações do paciente para futuras consultas e evitar fraudes.

Sobre a Imagine Cup

A Microsoft criou a Imagine Cup em 2003, uma competição estudantil, que tem o objetivo de transformar trabalhos acadêmicos em startups. Os alunos das mais variadas disciplinas colocam nos seus projetos toda a criatividade e conhecimento.

Fonte: Microsoft Brasil

Tecnologia deve focar em soluções relevantes para o consumidor

Foto: Gelson Bampi/Agência Fiep

O consumidor final como protagonista e como alvo de todas as soluções é o que deve nortear os avanços tecnológicos na era da quarta revolução industrial. O tema foi debatido por especialistas nesta quarta-feira (16), em Curitiba, na Jornada para o Mundo Digital, realizada pelo Sistema Federação das Indústrias do Paraná (Fiep). O evento reuniu cerca de 850 pessoas entre industriais, lideranças empresariais e profissionais da área de tecnologia para mostrar os avanços tecnológicos que já aconteceram nas duas últimas décadas e falar sobre o que está por vir na Indústria 4.0.

O evento foi aberto pelo presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, que destacou o papel da entidade no apoio ao setor produtivo na adesão à indústria 4.0. “ Especialmente o Senai sempre foi reconhecido pela alta competência na área de educação profissionalizante. Nos últimos anos investimos também em inovação tecnológica com um reposicionamento de sua marca não só fortalecendo sua atuação como principal interlocutor da sociedade em educação profissional, mas também com capacidade de atender a indústria na área da inovação tecnológica”, destacou.

A presidente da Microsoft, Paula Bellizia, trouxe o dilema entre respeitar o legado das indústrias e buscar novas formas de contato com o consumidor. “A indústria de tecnologia não respeita a tradição, respeita, sim, a inovação. É preciso quebrar paradigmas e sempre fazer o melhor para o cliente e sem atalhos, de forma direta. Isso não tem erro”, disse Paula Bellizia. Segundo ela, a tecnologia deve empoderar as pessoas e as organizações para que elas conquistem cada vez mais. Nesta busca, de acordo com ela, a Microsoft mantém mais de 100 data centers em todo o mundo, onde investe US$ 5 bilhões ao ano.

Fazer e pensar diferente

“A transformação digital não pode ser mais do mesmo. Tem que ser algo diferente e deve acontecer em toda a organização e não mais apenas em um setor”, destacou Cassio Dreyfuss, vice-presidente de pesquisa da Gartner Research, organização de pesquisa na área tecnológica. Segundo ele, a tecnologia está disponível. “O problema é a cultura e isso não se muda do dia para a noite”, disse. Para ele, esta transformação deve estar pautada em quatro pilares: tecnologia, gestão, gente e liderança.

Dreyfus diz que a transformação digital vai acontecer num prazo de quatro a cinco anos e deve começar com o engajamento das pessoas. “É preciso engajar as pessoas, depois criar a visão e o plano. Este plano deve ser executado, monitorado e ajustado sempre que necessário”, disse. “A transformação digital prevê a mudança das organizações que trabalham no sistema de comando e controle para passar a trabalhar com liderança e colaboração”, frisou.

O prazo para implementar a digitalização e conexão dos processos pode variar, mas é algo que em breve será realidade. “A jornada digital é um caminho sem volta e sem fim. É permanente. É preciso falhar cedo e aprender rápido. É preciso ser rápido e sair na frente”, disse Rogério Martins, vice-presidente global da Whirlpool – Inovação e Desenvolvimento de Produtos de Refrigeração. Segundo ele, o tempo é o recurso mais valioso para todas as pessoas. Por isso, todas as empresas devem ter o consumidor no centro de suas atenções para promover soluções que facilitem a sua vida. “É preciso conhecer melhor o consumidor. É para ele que devemos fazer a transformação digital. Se focarmos em qualquer outra coisa que não seja o consumidor vamos nos desviar do nosso propósito. “A tecnologia sem propósito é complexidade”, disse.

No setor onde atua, Martins conta que a transformação digital viabiliza, por exemplo, o monitoramento da performance dos eletrodomésticos remotamente e consegue atuar de forma proativa com a prestação de serviços. “Não é um redesenho. É preciso repensar tudo e tudo tem que estar focado em soluções relevantes para o consumidor”, frisou.

Tecnologia e produtividade

O diretor de educação e tecnologia da Confederação Nacional da Indústria (CNI) Rafael Lucchesi informou que a indústria brasileira ainda usa a tecnologia de forma incipiente. “Embora 85% dos executivos brasileiros considerem a indústria 4.0 como algo importante, apenas 48% afirmam que fazem uso das modernas tecnologias de digitalização. “Temos que melhorar o uso da tecnologia, adotar plantas industriais inteligentes e customizadas. Segundo ele, a tecnologia pode contribuir para melhor os níveis de produtividade no Brasil. Hoje o rendimento de quatro trabalhadores brasileiros equivale a um trabalhador norte-americano. “Neste quesito estamos atrás de México e Argentina”, disse.

Lucchesi destacou a importância de formar o trabalhador para atuar na Indústria 4.0. “Hoje 78% do emprego no Brasil é desempenhado por pessoas com qualificação técnica e apenas 3% por profissionais com ensino superior”, informou. Ele lembrou que o Senai teve papel decisivo na terceira revolução industrial formando mão de obra e agora terá também papel decisivo na quarta revolução”, disse, acrescentando que cerca de 95% das vagas abertas pelo setor industrial demandam profissionais formados pelo Senai. Segundo Lucchesi, o desafio é grande porque estima-se que 65% das crianças de hoje atuarão no futuro em profissões que ainda não existem.

O diretor da CNI citou o programa Lean Manufacturing (Manufatura Enxuta), do Senai. O programa começou com a meta de buscar um ganho de 20% de produtividade e nas 2.300 indústrias que estão sendo atendidas já conseguimos alcançar um aumento médio de 52% em cerca de dois anos do programa.

Lucchesi falou também das soluções tecnológicas que estão em desenvolvimento na rede de institutos de tecnologia e de inovação do Senai, como robôs autônomos para trabalhos em poços de alta profundidade e tintas automotivas regenerativas.

Fonte: Fiep

Sistema Fiep promove evento para discutir indústria 4.0

Imagine a possibilidade de ter a representação virtual do processo de produção de um carro: visualizar como o veículo seria, realizar melhorias e simulações, e, aí sim, implementar o produto real. A realidade parece distante, mas é dessa forma que iremos trabalhar nos próximos anos, na chamada Indústria 4.0, que já é considerada por muitos especialistas a “4ª Revolução Industrial”. O impacto desta revolução no progresso industrial paranaense é o foco da “Jornada para o Mundo Digital”, evento que é promovido pelo Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná e acontece no dia 16 de agosto, no Campus da Indústria em Curitiba.

Voltado para indústrias, startups, empresários, imprensa e pessoas interessadas em tecnologia e inovação industrial, a jornada tem o objetivo aprofundar conhecimentos e mostrar como a Indústria 4.0 impacta no progresso do setor industrial. O evento terá palestras, workshops e painéis de discussão com renomados profissionais da área.

Entre os palestrantes estão Paula Bellizia – presidente da Microsoft Brasil; Cassio Dreyfuss – vice-presidente de pesquisa do Gartner; Cezar Taurion – head de Transformação Digital da Kick Ventures; Edson Campagnolo – presidente do Sistema Fiep; Rogerio Martins – vice-presidente global Whirlpool para Inovação e Desenvolvimento de Produtos de Refrigeração.

Cases

Serão apresentadas experiências de indústrias instaladas no Brasil que já implantaram processos alinhados com a quarta revolução industrial. Elas fazem parte de um grupo de empresas que já compreendeu os ganhos de competitividade trazidos por esta nova forma de produção. Porém, pesquisa realizada em 2016 pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), que ouviu 2.225 indústrias de todos os portes, mostra que mais da metade delas ainda não utiliza nenhuma das dez tecnologias digitais listadas no levantamento – como automação digital sem sensores; prototipagem rápida ou impressão 3D; utilização de serviços em nuvem associados ao produto; ou incorporação de serviços digitais nos produtos.

Jornada para o mundo digital

Data: 16 de agosto, das 8h às 17 horas.
Local: Campus da Indústria do Sistema Fiep. Avenida Comendador Franco, 1341. Curitiba.
Inscrições gratuitas: http://www.sistemafiep.org.br/jornadadigital/#inscreva-se

Fonte: Fiep

Hi Technologies apresenta inovação em exames laboratoriais na nuvem da Microsoft

A Hi Technologies, empresa que desenvolve soluções tecnológicas para humanizar a área médica, apresentou ao setor de saúde nesta quinta-feira, 29 de junho, o Hilab, primeiro serviço de telemedicina que realiza exames laboratoriais para identificação de HIV, vírus Zika, Chikungunya, dengue, hepatite, gravidez, colesterol total, HDL, hemoglobina glicada, vitamina D, glicemia, dentre outros.

Quase indolor e bem mais rápido que os métodos tradicionais, o serviço Hilab, desenvolvido com tecnologias Microsoft e Intel, que também apostam nessa área, revoluciona o mercado ao introduzir uma nova categoria em análises clínicas que associa Internet das Coisas (IoT) e Inteligência Artificial (IA) para acelerar o diagnóstico médico. O dispositivo Hilab cabe na palma da mão e utiliza gotas de sangue do dedo do paciente para a coleta, possuindo um mecanismo menos invasivo.

“Estamos trazendo três grandes inovações: o primeiro tricorder¹ médico da história, um sistema de telemedicina totalmente disruptivo e uma nova tecnologia de big data para a saúde. O Hilab é um mix disso tudo. Ele traz o laboratório para a mão do médico, e isso muda o cenário da saúde. Nós acreditamos que uma disrupção no sistema de exames laboratoriais tem o potencial de causar mudanças significativas de proporção mundial. Queremos ser o maior laboratório do mundo, sem ter nenhum posto de coleta”, explica Marcus Figueredo, CEO da Hi Technologies.

O funcionamento é simples: após a coleta, o sangue é colocado em contato com os reagentes dentro do dispositivo, onde a amostra é “digitalizada” e transmitida instantaneamente via internet para a equipe de biomédicos da Hi Technologies. Após esse processo, os profissionais analisam o resultado e liberam o laudo validado, obedecendo a padrões de qualidade, confiabilidade e precisão equivalentes aos métodos já disponíveis no mercado.

“O Hilab vai promover avanços importantes ao usar Inteligência Artificial Microsoft para transformar o processo de realização de exames médicos com mais rapidez e assertividade. Esse é um projeto que ajuda a colocar em prática nossa missão de empoderar pessoas e organizações a conquistarem mais e também de democratizar a Inteligência Artificial. E, neste caso, em uma área essencial, que é a saúde”, diz Priscyla Laham, vice-presidente de vendas ao consumidor da Microsoft.

A contribuição da Microsoft ao projeto da Hilab se dá por meio da plataforma de nuvem Azure, pelos dispositivos com Windows 10 IoT e também pela disponibilização de algoritmos de machine learning (aprendizado de máquina) para a análise laboratorial com base em diversos parâmetros pré-estabelecidos.

Com essa tecnologia inédita mundialmente, o médico poderá obter os resultados dos exames laboratoriais no momento da consulta ou em poucos minutos após o término. Para Mauricio Ruiz, diretor-geral da Intel Brasil, este é um bom exemplo de como as soluções tecnológicas podem oferecer novas formas para os diagnósticos e tratamentos médicos, fornecendo agilidade e inclusão de mais pessoas no sistema. “Acreditamos que essas colaborações focadas em saúde são essenciais para melhorar a vida das pessoas e, com essa parceria, reforçamos o nosso desejo de contribuir para o desenvolvimento das empresas locais.”

De acordo com a ANS (Agência Nacional de Saúde), o mercado brasileiro de medicina diagnóstica movimenta cerca de 25 bilhões de reais ao ano. “Estamos entusiasmados com o universo de possibilidades do Hilab, que proporciona vantagens incríveis a pacientes, podendo também ser uma grande oportunidade para pontos de atendimento, como farmácias e hospitais, ampliarem a prestação de serviços. O mercado de exames laboratoriais é enorme e estamos atuando em conjunto com a Hi Technologies para conquistar uma fatia do segmento”, relata Hélio Rotenberg, CEO da Positivo Tecnologia.

A Hi Technologies buscará atuar junto aos consultórios médicos, provendo uma carteira crescente de exames a preços mais competitivos do que os praticados por laboratórios tradicionais. Além das diversas inovações tecnológicas, o serviço Hilab, se comparado à atual realidade no segmento, muda a logística, excluindo etapas que reduzem o engajamento do paciente, retardam o diagnóstico médico e encarecem o processo.

A agilidade no diagnóstico é importante, já que 70% das decisões médicas se baseiam nos resultados desses exames. Com o Hilab, o paciente não precisa retornar ao consultório para ter acesso ao laudo. Por isso, o lançamento inova o modelo de negócio, trazendo conveniência e menor custo, principais requisitos para um movimento de ruptura, sendo uma inovação radical oferecida pelo Brasil para o mundo todo.

¹ Um tricorder médico (termo usado na ficção cientifica) é um dispositivo portátil de mão para escaneamento que pode ser utilizado por qualquer pessoa, servindo para autodiagnosticar condições médicas, em questão de segundos, e coletar sinais vitais básicos.

Fonte: Microsoft

Microsoft coloca os parceiros no centro de uma oportunidade de transformação de 4,5 trilhões de dólares

A Microsoft Corp. deu a partida no Microsoft Inspire em Washington, D.C., onde a empresa apresentou o Microsoft 365, um novo conjunto de ofertas comerciais, extraído a partir do melhor dos produtos comerciais da empresa dentro do Office 365, Windows 10, Mobilidade e Segurança Empresarial. O Microsoft 365 foi projetado para impulsionar a todas as empresas e todos os trabalhadores, para reconhecer que as pessoas estão no coração da transformação digital. Ele coloca as pessoas no centro, lhes dá a flexibilidade de trabalhar onde e como queiram e lhes oferece novas maneiras de colaborar com os outros, ao mesmo tempo que protege os dados da empresa.

A Microsoft apresenta duas ofertas do Microsoft 365. O Microsoft 365 Enterprise é a evolução da oferta Empresa Produtiva Segura (Secure Productive Enterprise) da empresa e inclui o Office 365 Enterprise, Windows 10 Enterprise e Mobilidade + Segurança Empresarial (Enterprise Mobility + Security). Oferece aos clientes a tecnologia avançada mais recente, para estimular os empregados. O Microsoft 365 Business, disponível em versão prévia pública a partir de 2 de agosto, foi projetado para dar às pequenas e médias empresas uma solução completa de produtividade e segurança, ao mesmo tempo que melhora a administração da TI. Inclui o Office 365 Business Premium, recursos de segurança e administração para aplicações do Office e dispositivos Windows 10, tudo administrado a partir de um console centralizado, par a implementar e assegurar dispositivos e usuários em uma localização.

O Microsoft 365 representa um foco novo e mais coerente sobre como a Microsoft vai ao mercado com ofertas comerciais e reflete a mudança que começou a realizar com parceiras e clientes mútuos — desde ver a produtividade, segurança e administração de dispositivos como cargas de trabalho individuais a buscar um enfoque integral sobre a produtividade segura. O Microsoft 365 representa uma oportunidade significativa para que as parceiras incrementem o tamanho das transações, diferenciem ofertas e aumentem as receitas dos serviços administrados. De acordo com a Forrester Consulting, o Microsoft 365 Enterprise aumenta a oportunidade de receitas de uma parceira em mais de 50%, em comparação com vender e implementar o Office 365 apenas.

Para estimular o êxito dos parceiros da Microsoft e ajudar a cumprir a meta da empresa de uma taxa de execução de nuvem de 20 bilhões de dólares até 2018, a Microsoft anunciou, com as parceiras de hardware Dell EMC, HPE e Lenovo, que o Microsoft Azure Stack já está disponível para pedidos. O Azure Stack é uma extensão do Azure que oferece a agilidade e a inovação em ritmo acelerado da computação em nuvem em ambientes físicos e habilita novos cenários de nuvem híbrida.

O Azure Stack oferece uma plataforma de nuvem híbrida, além de possibilitar uma adaptação ideal para os clientes que requerem flexibilidade, sem ter de desenvolver aplicações de uma maneira diferente. Desde os centros de dados do Azure ao perímetro da nuvem, seja em uma mina a milhas abaixo da superfície da terra, em um barco em alto-mar ou no chão de uma fábrica dependente de operações contínuas, em tempo real, o Azure Stack habilita as aplicações de nuvem modernas, que cumprem todas as exigências empresariais e regulamentares. Uma nuvem realmente híbrida ajuda os clientes a executar mais rapidamente sua estratégia de nuvem de uma maneira que faz mais sentido para seus negócios.

O Azure Stack estende a oportunidade do ecossistema do Azure ao ajudar as parceiras a expandir seus negócios do Azure e atingir um mercado mais amplo e acessível, através dos cenários da nuvem híbrida. Muitas parceiras da Microsoft, como a Rackspace, a Tieto e a Resello, já começaram a capitalizar o poder do Azure Stack. As parceiras podem aprender mais sobre como construir uma prática exitosa de nuvem através do Practice Development Playbooks ou aprimorar suas habilidades no Azure através de treinamentos online disponíveis aqui.

A Microsoft também anunciou duas novas maneiras para ajudar as parceiras a se conectar com os clientes e levar soluções inovadoras para o mercado. No ano passado, a Microsoft realizou o piloto de um novo programa de venda conjunta do Azure, para oferecer suporte completo de vendas e marketing às parceiras que desenvolvem soluções com o Azure. Em seus primeiros seis meses no mercado, esse programa ajudou a fechar mais de um bilhão de dólares em valor anual de contratos para as parceiras do Azure, criou 6 bilhões de dólares em oportunidades de carteira para as parceiras do Azure e gerou mais de 4.500 transações para as parceiras.

O Azure é a única nuvem pública que oferece às parceiras esse incrível benefício, através do qual os representantes de vendas da Microsoft recebem até 10% do valor anual do contrato das parceiras, quando vendem em conjunto soluções qualificadas das parceiras, baseadas no Azure. Isso significa que a Microsoft incentiva de maneira única a seus representantes de vendas para que trabalhem em conjunto com as parceiras do Azure, para promoverem juntos novos negócios e habilitar as parceiras para que aproveitem a força de vendas da Microsoft para expandirem seus negócios em nível global.

Para aproveitar esse ímpeto incrível, a Microsoft está realizando investimentos adicionais para acelerar a venda conjunta do Azure nos próximos 12 meses. A Microsoft também criou um novo cargo de gerente de Canal dedicado na empresa, que estará 100% focado em apoiar os esforços das parceiras para entrar no mercado, ajudando a assegurar que suas soluções atinjam novos clientes e se integrando com a proposta de venda conjunta da Microsoft. Em conjunto, isso representa um investimento de 250 milhões de dólares, que aumenta substancialmente o pessoal da Microsoft dedicado às parceiras e se soma aos incentivos de venda conjunta do Azure.

A Microsoft também torna mais fácil para as parceiras modernizar suas aplicações empresariais existentes e desenvolver novas aplicações com um novo programa chamado ISV Cloud Embed. Através desse novo programa, as parceiras podem adquirir os recursos essenciais Dynamics 365, Power BI, Power Apps e Microsoft Flow, como “building blocks” integráveis, com descontos de até 50%. Da mesma maneira que as parceiras podem, hoje em dia, desenvolver suas aplicações no Microsoft Azure, também podem usar a plataforma de aplicações empresariais da Microsoft para adicionar facilmente a automação das vendas, linha de serviços e funcionalidade operacional de back-end a suas próprias aplicações. Isso ajuda a reduzir despesas gerais e custos de desenvolvimento, ao colocar os recurso s de engenharia da Microsoft para trabalhar para elas. As parceiras recebem apoio estratificado para entrar no mercado e uma oportunidade para atingir os 100 milhões de usuários ativos mensais do Office 365 e uma comunidade crescente de clientes do Dynamics 365, através do Microsoft AppSource.

Do aproveitamento do Azure ao suporte de vendas conjuntas destacado no setor e novos serviços de aplicações empresariais embutidos, nenhuma outra fornecedora oferece uma abordagem mais completa para ajudar as parceiras a acelerar suas transformações e seus negócios.

A missão da Microsoft é estimular todas as pessoas e organizações no planeta a realizar mais e as parceiras dão vida a essa missão todos os dias com seus clientes. As parceiras da Microsoft empregam mais de 17 milhões de pessoas em todo o mundo e o IDC estima que a Microsoft e seu ecossistema de parceiros vão gerar quase um trilhão de dólares em receitas em 2017.

Juntas, a Microsoft ajuda as empresas de todos os setores a crescer mais rapidamente e de maneira mais eficiente do que nunca, através da inovação nos negócios, impulsionadas por tecnologias de nuvem como a Internet das Coisas, inteligência artificial, dados e através de oportunidades como a integração do LinkedIn Sales Navigator com o Dynamics 365 e o Programa Global Mixed Reality Partner, anunciado hoje. No Microsoft Inspire, executivos da KPMG, Schneider Electric, Sephora, Adobe, Track’em e outras irão demonstrar como estão impulsionando a transformação digital em seus respectivos setores. A KPMG, por exemplo, anunciou que está trabalhando com a Microsoft para criar o KPMG Digital Solutions Hub e, com o KPMG “Clara” no Azure, será a primeira das “4 Grandes” firmas de serviços profissionais a levar sua plataforma de auditoria para a nuvem pública.

Por mais de 40 anos, a Microsoft tem sido uma empresa voltada para as parceiras, o que é comprovado pelo fato de que gera mais de 95% de seus negócios através do robusto ecossistema de parceiras da empresa, que está em constante evolução. Hoje, a Microsoft tem mais de 64 mil parceiras de nuvem, mais que a AWS, a Google e a Salesforce combinadas. As parceiras dizem à Microsoft que escolhem a empresa porque ela é mais que uma fornecedora de tecnologia — ela é sua parceira de negócios. Notadamente, 30% das parceiras ingressaram na rede de parceiras da Microsoft no ano passado e a empresa está adicionando mais de 6.000 parceiras a cada mês. A Microsoft e suas parceiras podem realizar mais.

Para ajudar as parceiras a inovar mais, e entrar mais rapidamente no mercado e a se conectar com os clientes certos na hora certa, a Microsoft está transformando a maneira com que se envolve com sua comunidade de parceiras, ao integrar as funções voltadas para as parceiras em uma organização. A Microsoft alinhou todas as funções voltadas para as parceiras em três funções primárias: Build-with, Go-To-Market e Sell-with. Isso vai simplificar e otimizar o envolvimento da empresa, gerar maior colaboração e promover uma cultura de trabalho que coloca as parceiras em primeiro lugar.

O Microsoft Inspire reunirá mais de 17 mil pessoas no evento mais importante do ano para parceiras. Serão realizadas mais de 145 mil reuniões durante o evento e as expositoras no passado experimentaram um aumento de vendas de 30% em comparação com o ano anterior. Sintonizem a transmissão das conferências ao vivo para saber o que está acontecendo no evento. Em um mundo em que a transformação é inevitável, as oportunidades para as parceiras são intermináveis.

Sobre o Microsoft Inspire

O Microsoft Inspire fornece à comunidade de parceiras da Microsoft acesso ao marketing e a estratégias de negócios essenciais, liderança em informações referentes a soluções específicas de clientes projetadas para ajudar as parceiras a ter êxito no mercado. Junto com oportunidades informativas de aprendizagem que cobrem as vendas, marketing, serviços e tecnologia, o Microsoft Inspire é o lugar ideal para as parceiras receberem conhecimentos valiosos vindos de seus colegas e da Microsoft. Mais informações podem ser encontradas em https://partner.microsoft.com/inspire.

Solo Network participa da Conferência Mundial de Parceiros Microsoft

De 10 a 14 de julho aconteceu em Toronto, no Canadá a Conferência Mundial de Parceiros Microsoft 2016. O evento contou com a participação de mais de 16.000 mil parceiros da organização do mundo todo, entre eles a Solo Network, representada pelos diretores – Audreyn Justus, Paulo Vendramini e João Paulo Costa Pereira.

A edição deste ano trouxe novidades, como o stand Brasil, que teve como objetivo fomentar o relacionamento com parceiros e gerar oportunidades de negócios. Além disso, os participantes tiveram uma agenda intensa de reuniões e sessões com os principais executivos da Microsoft.

No dia 11, o CEO da multinacional, Satya Nadella, liderou uma conversa sobre nuvem e transformação dentro das empresas. “É incrível ver nossos parceiros abraçando a transformação digital por meio da nuvem Microsoft, aproveitando a escalabilidade e flexibilidade combinada com o poder da inteligência e segurança”, afirmou. Nadella apresentou ainda casos de sucesso de grandes empresas que estão aproveitando o poder da tecnologia para transformar a maneira de fazer negócios, como a General Electric (GE), Ecolab e Japan Airlines, que venceram no mercado utilizando produtos e soluções Microsoft, como o Microsoft Azure, Internet das Coisas, Power BI, Microsoft Dynamics 365 e HoloLens.

Os últimos dois dias da conferência foram pautados pelos anúncios das novidades desenvolvidas pela Microsoft. Como acontece anualmente, o encontro se encerrou com um grande show, desta vez com a presença da cantora pop Gwen Stefani.

A Solo Network é uma das maiores revendas de valor agregado do Brasil, possuindo grande experiência em consultoria, fornecimento, implementação e gerenciamento de produtos de fabricantes como Adobe, Autodesk, HP, Kaspersky e Microsoft. Atuando como provedor de soluções de TI integradas, tem como objetivo prestar serviços de qualidade superior, através das melhores soluções e práticas de TI.

Curitiba recebe evento itinerante inédito de tecnologia da Microsoft

Focado em tecnologias Microsoft e Open Source, o Interop on the Road é um evento itinerante inédito no Brasil que leva especialistas da empresa em um Motor Home pelo país. Tem apoio da Signum Game Studio, Microsoft, Dell, Urmet Daruma e Tec Mundo. Em Curitiba, acontece no dia 19 de novembro na Pontifícia Universidade católica do Paraná (PUCPR) e as inscrições gratuitas podem ser realizadas através do site www.interopontheroad.com.br, as vagas são limitadas. O evento se divide em palestras técnicas em dois auditórios, um focado em conteúdo para desenvolvedores (DEV) e outro em infraestrutura de servidores e na nuvem (IT PRO), com direito a certificado de participação.

Para os desenvolvedores são disponibilizadas as palestras: IoT – Internet das Coisas Com RaspBerry, Netduino e Windows Azure; O que muda para os desenvolvedores neste novo mundo de containers?; Guia Prático para o DBA na Nuvem – Migrando seu banco de dados para o Azure; e Publishers e como Alcançar o Mercado, confira a programação DEV completa no site. Já os que optarem pela trilha de IT PRO tem acesso a um conteúdo extenso de Windows Server 2016 Preview, com direito a: Introdução a DevOps, Infraestrutura moderna usando Windows Server e Microsoft Azure, e Windows 10 para IT PROs, confira a programação completa no site.

Todos os palestrantes e alguns convidados irão percorrer quase 5000 km de estradas brasileiras dentro de um Motor Home que será preparado especialmente para este evento, veja os palestrantes presentes no site do Interop on The Road. Além de Curitiba o evento percorre outras três cidades do Brasil: começando em Porto Alegre (16) na PUCRS, Palhoça (18) na UNISUL e São Paulo (21) na PUCSP.

Serviço
Horário: 9h até 17h
Data: 19/11
Endereço: Rua Imaculada Conceição, 1155
Local: PUCPR – Bloco Laranja, 3o andar
Inscrição: www.interopontheroad.com.br
Vagas Limitadas.

Curitiba recebe evento itinerante inédito de tecnologia da Microsoft

Interop on the Road percorre quatro cidades do Brasil com palestrantes da empresa e propõe duas trilhas de palestras técnicas paralelas

Focado em tecnologias Microsoft e Open Source, o Interop on the Road é um evento itinerante inédito no Brasil que leva especialistas da empresa em um Motor Home pelo país. Tem apoio da Signum Game Studio, Microsoft, Dell, Urmet Daruma e Tec Mundo. Em Curitiba, acontece no dia 19 de novembro na Pontifícia Universidade católica do Paraná (PUCPR) e as inscrições gratuitas podem ser realizadas através do site www.interopontheroad.com.br, as vagas são limitadas. O evento se divide em palestras técnicas em dois auditórios, um focado em conteúdo para desenvolvedores (DEV) e outro em infraestrutura de servidores e na nuvem (IT PRO), com direito a certificado de participação.

Para os desenvolvedores são disponibilizadas as palestras: IoT – Internet das Coisas Com RaspBerry, Netduino e Windows Azure; O que muda para os desenvolvedores neste novo mundo de containers?; Guia Prático para o DBA na Nuvem – Migrando seu banco de dados para o Azure; e Publishers e como Alcançar o Mercado, confira a programação DEV completa no site. Já os que optarem pela trilha de IT PRO tem acesso a um conteúdo extenso de Windows Server 2016 Preview, com direito a: Introdução a DevOps, Infraestrutura moderna usando Windows Server e Microsoft Azure, e Windows 10 para IT PROs, confira a programação completa no site.

Todos os palestrantes e alguns convidados irão percorrer quase 5000 km de estradas brasileiras dentro de um Motor Home que será preparado especialmente para este evento, veja os palestrantes presentes no site do Interop on The Road. Além de Curitiba o evento percorre outras três cidades do Brasil: começando em Porto Alegre (16) na PUCRS, Palhoça (18) na UNISUL e São Paulo (21) na PUCSP.

Serviço

Horário: 9h até 17h
Data: 19/11
Endereço: Rua Imaculada Conceição, 1155
Local: PUCPR – Bloco Laranja, 3o andar
Inscrição: www.interopontheroad.com.br
Vagas Limitadas.

Empresa curitibana lança jogo no maior evento de programação do mundo

A Signum Game Studio/Centro de inovação da Microsoft (MIC CWB) lançam esta semana o jogo “#Buddies: Learn 1″, que ensina lógica de programação para crianças e adolescentes

A apresentação do jogo é uma das atividades do maior evento de aprendizagem do mundo, “Hora do Código” realizado com apoio da Microsoft, que no Brasil desenvolve a campanha “#EuPossoProgramar”. No jogo plataforma, os jogadores aprendem conteúdo utilizando blocos de comando. Cada um deles contém um trecho de código da programação. Combinando diferentes blocos, o aluno supera os desafios propostos em cada fase.

A estrela do jogo é a Booh, uma fantasminha muito simpática. Quando crianças e adolescentes usam blocos de comando para fazer com que ela se movimente, na verdade estão aprendendo a escrever sua programação, seu próprio código. Nessa proposta, os jogadores criam métodos de movimentação e loop. “#Buddies: Learn 1″ está disponível no site http://www.signumgamestudio.com/buddieslearn.

Hora do Código

Este ano, o evento será realizado entre os dias 19 e 23 de outubro em todo o Brasil e pode ser acompanhado no site http://www.eupossoprogramar.com. Os interessados podem fazer diversos cursos como “Crie seu jogo para Kinect“, “Aprendendo a Programar” e “Hora do Código”. No ano passado, Hora do Código teve a participação de 60 milhões de estudantes de mais de 180 países e foi considerada como o maior evento de aprendizagem da história. O Brasil foi um dos países que tiveram maior número de participantes.

Durante essa semana, estudantes de todas as idades podem escolher o que querem aprender entre uma variedade de tutoriais autoexplicativos, com níveis a partir do jardim de infância. Os tutoriais funcionam em qualquer navegador moderno, tablet, smartphone e outros dispositivos. E para tornar ainda mais divertida essa lição, os aspirantes a programador podem escolher vários jogos para estudar. Os jogos tutoriais são: Frozen, Angry Birds, Plants vs. Zombies e #Buddies: Learn 1.

A campanha da Microsoft #EuPossoProgramar ensina crianças e adolescentes a criar códigos. Crianças de todas as idades e níveis de conhecimento sobre programação podem desenvolver suas próprias regras e expressar sua criatividade em forma de código. O lançamento da campanha acontece no dia 19, segunda, com transmissão ao vivo no link: http://msft.it/6185B35uJ. Programar é simples e divertido!

Microsoft realiza evento de desenvolvimento de jogos e apps em Curitiba

Microsoft Road Show tem sua edição em Curitiba no dia 13 de junho na PUCPR

Microsoft Road Show dá certificado digital de conclusão e distribui dez celulares para os participantes

Fique por dentro de todas as novidades em desenvolvimento em Unity e Azure na plataforma Windows no dia 13/06, sábado, na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) em Curitiba. Os participantes têm direito a certificado digital e talvez receber um dos 10 celulares Lumia 640XL disponíveis para o evento.

Nessa edição do Microsoft Road Show em Curitiba, organizada pelo Centro de Inovação da Microsoft de Curitiba (MIC CWB) e a Signum Game Studio, você irá conhecer a Unity, poderosa engine com uma variedade de ferramentas que podem ser utilizadas para atender necessidades específicas no desenvolvimento de games e aplicativos, e o Microsoft Azure, como backend para jogos.

“Iniciativas como essas são muito importantes para a fomentação da indústria de jogos no Brasil, elas ajudam a capacitar e melhorar o curriculum dos jovens para o mercado de trabalho que é muito concorrido”, conta Rafaela Costa, Gerente do MIC CWB e CEO da Signum Game Studio.

Como demonstração do Azure os especialistas irão utilizar o jogo Forza, exclusivo para Xbox. Participando você vai aprender sobre: Azure; Introdução ao Unity 3D; Interface; Project Browser; Hierarchy Browser; Toolbars; Scene View; Inspector; Outras Views; Prefabs; Luzes; Recursos View e Desenvolvimento de jogo 2D.

A Microsoft terá dois palestrantes presentes para ensinar os assuntos aos participantes: Lucas Humenhuk e Fabricio Catae, ambos Evangelistas Técnicos na empresa. O evento acontece das 8h30 às 17h na PUCPR, faça sua inscrição no site (http://bit.ly/InscriçãoRoadshowCuritiba) e garanta a sua vaga!

Para participar do curso os participantes terão que levar suas próprias máquinas.

Serviço

Microsoft Roadshow – Curitiba
Inscrição: http://bit.ly/InscriçãoRoadshowCuritiba
Data: 13/06
Horário: 8h30 até 17h
Local: PUCPR
Endereço:Rua Imaculada Conceição, 1155 Prado Velho Curitiba PR
Bloco 4 (laranja) – sala 301 3º andar
Melhor entrada: portão 1 (alunos PUCPR) ou portão 4 (visitantes)

Microsoft anuncia vencedores da etapa brasileira da Imagine Cup 2015

A Microsoft anunciou, em Curitiba, os projetos vencedores da etapa nacional da Imagine Cup 2015, Copa do Mundo de Tecnologia promovida anualmente pela empresa. Foram indicados os primeiros lugares em três categorias. O “Can Game” levou o prêmio no quesito Cidadania, enquanto “Clothes for Me” e “Trankies World” se destacaram como melhores projetos em Inovação e Games, nessa ordem.

Os projetos vencedores da etapa nacional da competição vão agora disputar uma vaga para representar o Brasil na final mundial da Imagine Cup, que acontece em julho, em Seattle, cidade que abriga a sede da Microsoft nos Estados Unidos. O evento de premiação no Brasil aconteceu na PUC-Paraná, parceira da Microsoft, e contou com a participação dos 9 times finalistas. O banco Bradesco é patrocinador da fase nacional da Imagine Cup 2015 e já é parceiro do torneio há seis anos. A realização da etapa local da Imagine Cup também contou com apoio da Prefeitura de Curitiba e do Instituto Ressoar.

Na categoria Cidadania, o Can Game, criado pela startup pernambucana Life Up, se destacou com a ideia de usar tecnologia para auxiliar o tratamento de crianças com autismo. Ele é um software multidisciplinar que estimula atividades e interações que podem apoiar pais no desenvolvimento de filhos autistas, além de permitir que profissionais de saúde acompanhem a evolução do paciente à distância.

Já no quesito Inovação, a proposta do time eFitFashion, formado por estudantes da Universidade de São Paulo (USP), para simplificar o processo de confecção de roupas sob medida conquistou o primeiro lugar. O software Clothes for Me, criado pelo time, permite que o usuário gere automaticamente moldes com tamanhos exatos a partir de medidas inseridas no sistema, facilitando o trabalho que antes um alfaiate ou uma pequena confecção teriam para conseguir produzir uma peça personalizada.

Com um jogo baseado na interação via Kinect, sensor de movimentos desenvolvido pela Microsoft, o time HTW levou o primeiro lugar na categoria games. O jogo Tranckies World se diferenciou ao eliminar o uso de controles e permitir o uso dos próprios movimentos dos dedos e braços para duelar nos diferentes cenários propostos pelo game de uma maneira mais fluída.

A Imagine Cup busca promover inovações de estudantes do mundo inteiro. Somente na edição de 2015, mais de três mil projetos brasileiros foram inscritos na competição. Desde 2007, mais de 200 mil estudantes do país participaram da Imagine Cup.

“A Imagine Cup é um importante celeiro de ideias disruptivas, que usam tecnologia para resolver questões fundamentais e também para nos entreter de novas maneiras. Por vários anos, temos visto projetos brasileiros se destacando na competição e queremos estimular cada vez mais estudantes para que mais ideias criativas se tornem realidade”, afirma Richard Chaves, diretor de inovação e novas tecnologias da Microsoft Brasil.

Fonte: Microsoft Brasil

Centro de Inovação da Microsoft no Tecpar abre inscrições para capacitação na área de TI

O Centro de Inovação da Microsoft (MIC) instalado no Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) está com inscrições abertas para o programa Students to Business, que tem como objetivo capacitar estudantes nas áreas de Tecnologia da Informação (TI) e oferecer oportunidades de emprego em empresas parceiras. O curso é gratuito e vai capacitar estudantes em duas trilhas: Desenvolvimento de Sistemas e de Infraestrutura de TI.

Esse é a primeira vez que o MIC-Tecpar está realizando a capacitação. O curso, com duração de 80 horas, vai capacitar estudantes no desenvolvimento de sistemas e aplicativos para Windows 8 e Windows Phone, por exemplo. Além disso, na parte de Infraestrutura, a capacitação vai dar noções de sistemas operacionais, rede e segurança para o desenvolvimento.

A data do curso será posteriormente informada aos inscritos, que vão passar por uma seleção para concorrer a uma das 60 vagas disponíveis para a capacitação. Ao término do curso, esses estudantes vão participar de uma feira de emprego promovida pelo próprio MIC-Tecpar, ocasião na qual vão poder disputar uma das oportunidades oferecidas pelas empresas.

De acordo com Rogério Oliveira, gerente do Centro de Informação e Estudos Estratégicos do Tecpar, área do instituto responsável pelas ações do MIC-Tecpar, essa é uma ótima oportunidade para os estudantes chegarem ao mercado de trabalho. “Eles vão estar capacitados e na feira terão a oportunidade de estar próximos de grandes empresas que estarão interessadas neles. Com a capacitação no programa, os alunos vão poder escolher aonde querem realizar seu estágio”, salienta.

As inscrições estão abertas e podem ser realizadas pelo site student2business.azurewebsites.net/Register até o dia 29 de março. Não há limite para o número de inscritos. O Programa Microsoft Students to Business já capacitou mais de 100 mil estudantes em todo o Brasil, dos quais mais de 10 mil deles foram incorporados ao mercado de trabalho durante a feira de empregos.

Sobre o MIC

A Microsoft e o Tecpar assinaram em 2013 o termo de instalação do Centro de Inovação da Microsoft (MIC) no instituto, como parte da iniciativa global da empresa em promover o uso de tecnologia em prol da sociedade, contribuindo para o desenvolvimento de pessoas e suas habilidades, especialmente os jovens.

A novidade do MIC no Paraná, em comparação com os outros 11 da empresa instalados no Brasil, é a participação das universidades estaduais. Pela parceria, ficam disponíveis opções de programas e softwares que poderão ser implantadas pelo governo nas áreas de educação, qualificação, inovação e empreendedorismo. Entre eles estão capacitação básica em tecnologia da informação e design, comunicação instantânea entre alunos e professores, softwares para projetos de alfabetização em informática e desenvolvimento de empresas iniciantes.

Fonte: Tecpar

Presidente da Microsoft Brasil entrega Prêmio para Colégio Sesi Internacional

Amanhã (quinta-feira, 26) às 17h30, no Campus da Indústria, o presidente da Microsoft no Brasil, Mariano de Beer, entregará ao presidente do Sistema Fiep, Edson Campagnolo, o prêmio concedido ao Colégio Sesi Internacional que reconhece a instituição de ensino como showcase da Microsoft. O Colégio está entre as duas escolas brasileiras (e as 120 no mundo) reconhecidas pela Microsoft por utilizar a tecnologia para incentivar a aprendizagem por ter uma grade curricular inovadora e em tempo integral, com disciplinas regulares e também optativas, e por formar o aluno em diversas áreas, incluindo a tecnologia. “O uso mais assíduo da tecnologia nas escolas além de auxiliar o docente dentro de sala de aula a se conectar de forma mais efetiva aos jovens, consegue transformar o ambiente de ensino, oferecendo uma educação mais personalizada, que leva os alunos a fazerem mais e atingirem objetivos maiores”, explica Mariano de Beer.

Segundo a gerente de Operações Inovadoras do Sesi, Lilian Luitz, a experiência do Colégio Sesi Internacional com o uso da tecnologia e o reconhecimento da Microsoft que agora é uma parceria do Sistema Fipe, levou o Sesi a traçar um plano para que toda a rede de Colégios Sesi no estado tenha em mãos ferramentas de tecnologia de ponta em sala de aula.

Além de serem reconhecidas globalmente pela abordagem inovadora na educação, as escolas premiadas também recebem benefícios como parte do programa da Microsoft, entre eles, a colaboração com grupo internacional de líderes educacionais, elegibilidade para ter pelo menos dois estudantes de ensino médio como embaixadores, educadores especialistas para ajudar a promover inovação e apoiar o uso da tecnologia em sala de aula com os estudantes, acesso a conteúdo para desenvolvimento profissional de educadores e credencial complementar de membro do Microsoft IT Academy.

A próxima geração do Windows: Windows 10

Por Terry Myerson no Blog da Microsoft Brasil

Tenho a honra de compartilhar novas informações sobre o Windows 10, a nova geração do Windows.

Nossa equipe compartilhou mais experiências Windows 10 e como o Windows 10 vai inspirar novos cenários em uma gama ainda mais ampla de dispositivos, desde grandes e pequenas telas até nenhuma tela. Você pode assistir ao vídeo on-demand da apresentação, clicando aqui.

O Windows 10 é o primeiro passo rumo a uma era de computação mais pessoal. Essa visão organizou nosso trabalho no Windows 10, na qual estamos levando o Windows de sua herança de permitir um único dispositivo — o PC — para um mundo mais móvel, natural e baseado em confiança. Acreditamos que suas experiências devem ser móveis — não só os seus dispositivos. A tecnologia deve estar fora do caminho e seus apps, serviços e conteúdo devem se mover com você entre dispositivos, sem problemas e facilmente. Em nosso mundo conectado e transparente, sabemos que as pessoas se preocupam profundamente com privacidade — e nós também. É por isso que tudo o que fazemos coloca você no controle — porque você é nosso cliente, não nosso produto. Também acreditamos que interagir com a tecnologia deve sertão natural quanto interagir com pessoas — usando voz, caneta, gestos e até mesmo olhar para uma interação precisa, da forma correta, no momento certo. Esses conceitos guiam nosso desenvolvimento e você os vê ganhar vida hoje.

Entregando o Windows como um serviço e Atualização gratuita para o Windows 10

Esse é um dia monumental para nós na equipe Windows, pois compartilhamos o nosso desejo por redefinir o relacionamento que temos com vocês — nossos clientes. Anunciamos que uma atualização gratuita para o Windows 10 estará disponível aos clientes que estejam usando Windows 7, Windows 8.1 e Windows Phone 8.1 que fizerem o upgrade no primeiro ano depois do lançamento.*

Isso é mais do que uma atualização de uma só vez: uma vez que o dispositivo Windows é atualizado para o Windows 10, nós continuaremos a mantê-lo atualizado pelo ciclo de vida suportado do dispositivo — sem nenhum custo. Com o Windows 10, a experiência vai evoluir e ficará ainda melhor ao longo do tempo. Entregaremos novos recursos quando eles estiverem prontos, sem espera pelo próximo grande lançamento. Pensamos no Windows como um Serviço — na verdade, seria razoável pensar no Windows nos próximos anos como um dos maiores serviços de Internet no planeta.

E, como qualquer outro serviço de Internet, a ideia de perguntar “Em qual versão você está?” deixará de fazer sentido — o que é uma ótima notícia para nossos desenvolvedores Windows. Com apps Windows universais que trabalham em toda uma família de dispositivos, os desenvolvedores podem construir um app que atinja uma gama mais ampla de dispositivos — incluindo PC, tablet, smartphone, Xbox, a Internet das Coisas e muito mais.

Para nossos clientes corporativos, continuaremos a oferecer suporte para o modo como muitos deles trabalham hoje, com manutenção de longo prazo para seus ambientes de missão crítica. Com o Windows 10, uma das melhores práticas que recomendamos para muitos dispositivos corporativos é conectar ao Windows Update e estar sempre atualizado com as mais recentes melhorias em segurança e produtividade tão logo elas estejam disponíveis. Você pode saber mais sobre nosso compromisso com as empresas, clicando aqui, com muito mais por vir nos próximos meses.

Tudo sobre o Windows 10 — as experiências, a entrega dele como um serviço e a atualização gratuita — significa valor contínuo a todos os nossos clientes. A nova geração do Windows é um compromisso — um compromisso para libertar as pessoas da tecnologia e capacitá-los para fazer grandes coisas.

Leia o texto completo no Blog da Microsoft Brasil.

Microsoft anuncia evento inédito para empresas, desenvolvedores e profissionais da indústria de tecnologia no Brasil

A Microsoft Brasil apresentará a 1ª edição de um evento que irá reunir clientes corporativos, parceiros, varejistas, startups, anunciantes, desenvolvedores e profissionais de TI, apresentando o novo posicionamento da companhia em produtividade e plataforma em um mundo “Mobile First, Cloud First”. Serão discutidas também tendências do mercado de tecnologia, mobilidade, produtividade, big data e cloud, além de lançamentos importantes do portfólio da companhia. O evento chamado Microsoft Insights ocorrerá nos dias 20 e 21 de maio de 2015, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. A expectativa é receber mais de 2.600 pessoas.

Além de relevantes palestrantes internos e externos, o executivo-chefe de operações da Microsoft e segundo na hierarquia global da companhia, Kevin Turner, é uma das presenças já confirmadas para o Microsoft Insights, assim como o consagrado pianista e maestro João Carlos Martins, conhecido por sua obra e história de superação.

O TechEd, evento já conhecido pela comunidade técnica, fará parte do Microsoft Insights, onde os desenvolvedores e profissionais de TI terão acesso a aproximadamente 150 palestras técnicas com conteúdo relevante sobre as últimas tendências, plataformas e ferramentas de mercado focadas no desenvolvimento e certificação de profissionais.

“É um privilégio para a Microsoft estar presente na vida de bilhões de pessoas no mundo, sendo no trabalho, na casa e no dia a dia das pessoas. O Microsoft Insights será um grande evento para refletir as transformações da indústria de tecnologia e também o novo posicionamento global da companhia”, afirma Mariano de Beer, presidente da Microsoft Brasil.

Como participar

A venda de ingressos para participação nas palestras de conteúdo técnico e capacitação já está aberta ao público. Os ingressos, cujos preços variam de R$ 999,00 a R$ 1.299,00, serão vendidos em lotes epodem ser comprados pelo site http://www.microsoftinsigths.com.br/.

Microsoft anuncia instalação de novo centro de inovação em Curitiba

Curitiba será sede da final brasileira da Imagine Cup e terá um novo Centro de Inovação da Microsoft em 2015. O projeto do centro será feito em parceria com a Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR) e o estúdio de games Signum. Os anúncios foram feitos na noite desta terça-feira (02), durante evento realizado em São Paulo pela empresa norte-americana.

A Copa do Mundo da Computação é organizada pela Microsoft e busca promover inovações de estudantes do mundo inteiro. O secretário da Informação e Tecnologia, Paulo Miranda, representou o prefeito Gustavo Fruet na cerimônia.

A escolha de Curitiba para sediar a final da etapa nacional, que acontecerá em abril, está ligada à crescente onda de inovação na cidade, além do fato de o município ter marcado presença em edições anteriores da Imagine Cup. A cidade teve representantes na final mundial do torneio em 2011 (Nova York-EUA) e 2014 (Seattle-EUA).

“A escolha de Curitiba nos deixa animados. Este é um evento de inovação e criatividade, voltado para um público jovem e empreendedor. Curitiba é reconhecida no Brasil pela qualidade do ensino e já conquistou posição de destaque nesta competição. A Prefeitura apoiou esta iniciativa desde o início porque está alinhada com as diretrizes do programa de governo”, disse Miranda.

Em julho, os representantes brasileiros na final da Imagine Cup 2014 foram recebidos no gabinete do prefeito. O grupo formado por alunos da pós-graduação em Aplicativos para Jogos Digitais da Universidade Positivo desenvolveu o jogo Liaison, no qual um menino e um cachorro precisam desvendar enigmas para conseguir sair do castelo onde estão presos.

O Brasil tem se destacado na competição como um dos países com maior número de inscrições e também com projetos de destaque em diferentes categorias. “A Imagine Cup é uma porta para que jovens consigam mostrar boas ideias usando tecnologia e até mesmo para transformá-las em negócios. Queremos que um número cada vez maior de brasileiros tenha acesso a essa oportunidade”, disse Richard Chaves, diretor de inovação e novas tecnologias da Microsoft Brasil.

Imagine Cup

As inscrições para a Imagine Cup estão abertas e podem ser feitas pelo site http://www.imaginecup.com. Qualquer estudante com mais de 16 anos pode participar da competição. A Imagine Cup é dividida em três categorias: Cidadania Mundial, Jogos e Inovação. As equipes que conquistam o primeiro lugar em cada uma delas levam um prêmio em dinheiro de US$ 50 mil. Mais de 200 mil estudantes brasileiros já participaram da Imagine Cup desde 2007.

Centro de Inovação

Durante o evento também foi anunciada a criação de um novo Centro de Inovação da Microsoft (MIC, na sigla em inglês) em Curitiba.

“Este centro é importante porque compõe um conjunto de iniciativas que caracteriza Curitiba como uma cidade capaz de gerar e apoiar novas empresas inovadoras. O desenvolvimento dos diversos setores da economia criativa é estratégico para o futuro das cidades e nossa capital se consolida como um centro atraente para essas empresas”, explicou o secretário da Informação e Tecnologia.

Com o novo centro, Curitiba passa a abrigar dois MICs, um reflexo do ambiente de fomento à inovação percebido pela Microsoft na cidade. O outro Centro de Inovação foi inaugurado em outubro de 2013 e funciona em parceria com o Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar).

Colégio Sesi Internacional recebe prêmio global da Microsoft

Foto: Gelson Bampi

O Colégio Sesi Internacional, de Curitiba, recebeu da Microsoft um prêmio global pelo uso inovador de tecnologias para transformar e personalizar o ensino. A instituição está entre as 120 escolas reconhecidas em todo o mundo pela empresa. “No Colégio Sesi Internacional, buscamos estabelecer uma relação entre o ensino e as novas tecnologias disponíveis com o objetivo de aprimorar o aprendizado de nossos alunos. Desta forma, com uma educação inovadora e estratégica, acreditamos que os estudantes saem preparados para o mercado de trabalho do futuro, que cada vez mais fará uso de novas tecnologias”, destacou a gerente de operações inovadoras do Colégio Sesi, Lilian Luitz.

No Brasil, além do Colégio Sesi Internacional, o Colégio Estadual José Leite Lopes (Nave Rio de Janeiro) também foi premiado. As duas instituições vão trabalhar próximas à Microsoft para liderar inovações na área de educação, além de apoiar outras escolas no uso de tecnologia para transformar práticas educacionais. A solenidade de premiação ocorreu durante o Fórum Global de Educação da Microsoft, em Miami, nos Estados Unidos.

“As escolas showcase são exemplos inspiradores de como as escolas estão usando essa nova realidade, em que nuvem e mobilidade vem em primeiro lugar, para aumentar a produtividade de estudantes e desenvolver as habilidades que eles precisam para o mercado de trabalho”, diz Anthony Salcito, vice-presidente de educação da Microsoft. “Com o uso inovador de tecnologia, essas escolas conseguem transformar o ambiente de ensino, oferecendo uma educação mais personalizada, que leva os alunos a fazerem mais e atingirem objetivos maiores”, disse.

O Colégio Sesi Internacional se destacou entre as instituições por ter uma grade de ensino inovadora em tempo integral, com disciplinas regulares e também optativas que formam o aluno em diversas áreas, incluindo a tecnologia. Entre as matérias eletivas, há, por exemplo, ciências da computação, inovação e artes digitais. O Colégio é uma escola bilíngue.

“Realizamos reuniões pedagógicas periódicas com os professores para desenvolvermos novas formas de utilizar as tecnologias de maneira estratégica e inteligente a favor do ensino. Esse reconhecimento é um grande orgulho para nossa equipe, que trabalha constantemente para a construção de um aprendizado que envolva tecnologia e ensino”, relatou o coordenador do Colégio Sesi Internacional de Curitiba, Joao Eduardo Malheiros Pereira.

Além de serem reconhecidas globalmente pela abordagem inovadora na educação, as escolas premiadas também recebem benefícios como parte do programa da Microsoft, entre eles, a colaboração com grupo internacional de líderes educacionais, elegibilidade para ter pelo menos dois estudantes de ensino médio como embaixadores, educadores especialistas para ajudar a promover inovação e apoiar o uso da tecnologia em sala de aula com os estudantes, acesso a conteúdo para desenvolvimento profissional de educadores e credencial complementar de membro do Microsoft IT Academy.

Participe da Campanha #EuPossoProgramar

A campanha #EuPossoProgramar, lançada no Brasil pela Microsoft, tem o objetivo de estimular o aprendizado da linguagem de programação entre jovens de 12 a 25 anos. O curso preparado para incentivar crianças e adolescentes a darem os primeiros passos no universo da tecnologia está disponível no site www.eupossoprogramar.com.

Para participar do #EuPossoProgramar, é simples. Basta visitar o site da campanha e seguir as instruções disponíveis. Depois de terminar o desafio, você poderá compartilhar seu certificado de conclusão nas redes sociais e desafiar seus amigos.

Aprender a programar é simples e todo mundo pode começar. O ator Caio Castro aceitou o desafio e conta em vídeo a história de seu interesse por programação desde a juventude. Veja em: https://www.facebook.com/video.php?v=380540018763592&set=vb.213133048837624&type=2&theater&notif_t=comment_mention

Para o cantor Luan Santana, que também participou do #EuPossoProgramar, o ato de programar exige estudo e dedicação, assim como a música, mas é algo possível e que está ao alcance de todos. É só dar o primeiro passo. Ele explica mais no vídeo: https://www.facebook.com/video.php?v=791722274214997&set=vb.165669036820327&type=2&theater

Com a campanha #EuPossoProgramar, a Microsoft reafirma seu compromisso para que o aprendizado de programação e a capacitação na área de tecnologia sejam um caminho para milhares de jovens terem acesso a melhores oportunidades no futuro. A iniciativa é parte do YouthSpark, programa global de cidadania da Microsoft com foco na juventude. Todo o conteúdo foi desenvolvido em parceria com entidades, como Code.org e OIJ (Organização Ibero-Americana da Juventude).

“Seleção curitibana” se prepara para a final da Imagine Cup 2014

A equipe desenvolvedora do jogo Liaison está se preparando para a finalíssima da Imagine Cup 2014, que acontece de 29 de julho a 2 de agosto. Únicos representantes brasileiros do evento promovido pela Microsoft para reconhecer as inovações tecnológicas produzidas por estudantes de todo o mundo, os curitibanos Eduardo Schildt, Luiz Henrique Gomes Monclar, Rhandros Dembicki e Robson Keidy Sewo – alunos da Pós-Graduação em Aplicativos para Jogos Digitais da Universidade Positivo, trabalham nos ajustes do jogo para a apresentação decisiva, em Seattle-EUA.

Até lá, a versão demo do jogo – que tinha 45 minutos de gameplay e venceu a categoria games da etapa nacional, deve somar de 4 a 5 horas de diversão. Os desenvolvedores têm se reunido semanalmente para melhorar o jogo e preparar uma apresentação que conquiste os jurados, entre eles, Satya Nadella, CEO da Microsoft. Além de agradá-los e trazer o título de melhor game para o país, o time brasileiro pretende convencê-los de que Liaison pode ser lançado para PC e Xbox (via LIVE, nas plataformas 360 e One).

“Nosso sentimento é de otimismo. Estamos muito empolgados para apresentar o projeto aos jurados da Microsoft. É uma oportunidade única, incrível, e pretendemos fazer uma apresentação clara, que empolgue o público”, diz Luiz Henrique Gomes Monclar, game designer da equipe. “Nosso objetivo é fazer com que este projeto se torne realidade e chegue às lojas”.

Se vencerem o Imagine Cup 2014, os alunos recebem um prêmio de U$ 50 mil e ganham um espaço para divulgar o trabalho na PAX Prime (Penny Arcade eXpo), um festival de jogos realizado em Seattle, que gera visibilidade e interesse de possíveis compradores.

Sobre o game Liaison

Liaison é um jogo de plataforma, gênero extremamente popular, indicado para adolescentes e jovens adultos, que combina resolução de quebra-cabeças e problemas com elementos que requerem destreza e agilidade por parte do jogador. Seu ponto de partida é a amizade entre um menino e seu cachorro que, presos em um calabouço, devem buscar a saída do castelo, decifrando enigmas. “No dia a dia, as pessoas enfrentam a escuridão em muitas formas diferentes e, para superá-la, buscam forças em outras pessoas ou até mesmo animais, como mostra a relação entre Lug e Savior. O conceito fundamental do Liaison é mostrar que a amizade é capaz de derrotar a escuridão e que, mesmo na ausência de luz, pode haver um grande aprendizado para a vida”, afirma Robson Keidy Sewo, programador da equipe.

Microsoft anuncia equipe brasileira finalista da Imagine Cup 2014. Grupo é de alunos de Curitiba

Com um game chamado “Liaison” e que tem como temática principal a colaboração, quatro estudantes de curitiba, no Paraná, formam a equipe que representará o Brasil na final mundial da Imagine cup 2014, em Seattle (EUA). O evento acontece entre 29 de julho e 2 de agosto e vai reunir 35 times de 34 países.

O time conquistou a vaga de finalista brasileiro da Imagine cup 2014 com um jogo bem estruturado, que trata da amizade entre um menino e seu cão, em meio à exploração de um ambiente desafiador em que eles têm de decifrar enigmas. Cada um possui habilidades diferentes e eles precisam trabalhar juntos para resolver os desafios. Quanto mais se distanciam e deixam de colaborar entre si, mais sombrio o ambiente do jogo se torna, dificultando a conclusão das tarefas.

“Nosso maior desafio era desenvolver uma mecânica que, além de ser instigante, também transmitisse uma mensagem. Achamos que isso é algo que falta nos jogos em geral e decidimos apostar nisso como diferencial”, afirma Luiz Henrique Monclar, membro da equipe Liaison. Além dele, o time é formado por Eduardo Schildt, Rhandros Dembicki e Robson Sewo. Todos são alunos do curso de pós-graduação de aplicativos em jogos digitais da Universidade Positivo e tiveram a mentoria do professor Michael Bahr.

O jogo tem como público-alvo adolescentes e jovens adultos e foi desenvolvido para PC e Xbox, o console de videogame da Microsoft. O game ainda não está aberto ao público em geral, etapa que os estudantes pretendem alcançar em breve. O prêmio de US$ 50 mil para o vencedor da Imagine cup 2014 pode ajudar a acelerar esse estágio, segundo Monclar. “Chegar até aqui já foi uma vitória enorme e estamos confiantes com o que vamos apresentar em Seattle”, disse.

Os membros da Liaison também contaram com o apoio de Rafaela Costa, coordenadora do curso de pós-graduação de aplicativos em jogos digitais da Universidade Positivo e veterana na Imagine cup. Rafaela disputou a final da edição 2011, em Nova York, e levou o primeiro lugar na categoria ‘Game e Design para Xbox’. “Ter participado da Imagine cup abriu muitas portas na minha carreira e, sempre que posso, estimulo alunos a participarem”, diz Rafaela.

Para ocupar a vaga de finalista brasileiro, o time Liaison passou por uma disputa nacional e uma semifinal mundial. A equipe também participou de desafios online da Imagine cup e venceu um deles em primeiro lugar na categoria de games, conquistando um prêmio de US$ 3 mil em dinheiro. Já em outra disputa online, a equipe ficou entre os 10 melhores projetos do mundo, o que lhe rendeu uma menção honrosa.

“A Microsoft nasceu com o objetivo de estimular inovação tecnológica e é impressionante ver que, a cada ano, esse espírito se renova com projetos ainda mais interessantes”, afirma Luciana Lancerotti, ‎Líder de Marketing para Audiências Técnicas da Microsoft Brasil.

A Imagine cup foi criada em 2007 e, desde então, já recebeu inscrições de mais 200 mil brasileiros. Este ano, o CEO da Microsoft, Satya Nadella, será um dos jurados do evento. Uma das equipes finalistas também terá a chance de ter uma reunião com Bill Gates, co-fundador da Microsoft.

Fonte: Segs.com.br