AHK Business Night: oportunidade única para geração de negócios

Que tal conhecer os produtos e os serviços ofertados por empresas associadas à Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha no próximo dia 16 de agosto? O evento promovido pela AHK Paraná inova na forma de fazer negócios e convida a todos para um evento imperdível e gratuito. Na oportunidade, os participantes terão acesso direto a companhias associadas à Câmara Alemã, entidade que visa estimular a economia de mercado por meio de investimentos, comércio e serviços entre a Alemanha e o Brasil.

Serão 17 empresas em exposição e, além do Paraná, companhias de Santa Catarina estão convidadas a participar. “Com 4 horas de duração, as empresas poderão expor seus produtos e ideias ao mercado – tudo isso em um ambiente descontraído e com formato diferenciado para networking e geração de negócios – essa é a proposta do AHK Business Night”, afirma Andreas Hoffrichter, diretor da AHK Paraná.

Entre as empresas que já confirmaram presença estão: Exal, Goethe-Institut, Deutsche Schule Curitiba, Servopa, Top Imóveis, Heverson do Valle Treinamentos, SigmaOne, Colégio Suíço-Brasileiro, Lapinha, Referência Locadora de Veículos, Irmandade Betânia, Smartcom, F9 e Mice Online.

Para a Exal, do segmento de alimentação coletiva, que há anos administra restaurantes de multinacionais alemãs, como a Brose e a Schattdecor, esta é uma excelente oportunidade para apresentar a empresa a outras companhias que buscam oferecer refeições de qualidade aos seus colaboradores. “Como o nosso negócio é B2B, geralmente ele começa em um encontro como esse e dura alguns meses até ser fechado. Neste sentido, temos a expectativa de nos integrar ainda mais com a comunidade alemã para fazer novos negócios. Se fecharmos um contrato já vai valer a participação”, relata Roberto Costa de Oliveira, presidente da Exal.

A Servopa também estará no evento e quem visitar o stand participará de um sorteio especial. “As vendas são relacionais, então, por meio do contato direto, fortaleceremos o relacionamento com outras empresas, ou seja, ampliaremos as possibilidades de negócios com organizações de diferentes segmentos”, diz o gerente geral, Marcelo Fatuch.

A área de Educação terá reforço especial com a presença do Goethe-Institut, Deutsche Schule Curitiba e Colégio Suíço-Brasileiro. Segundo Dorothee Rumker Yazbek, diretora de cursos do Goethe-Institut, a expectativa é interagir com os demais associados e com o público participante. “Além de apresentar os nossos cursos, temos muitos estudantes de Engenharia que têm interesse em trabalhar nas empresas associadas à AHK. Portanto, esse evento pode ser uma ponte entre esses alunos e as companhias. Esse contato direto pode viabilizar oportunidades de estágios e, sem dúvida, vai além da troca de cartões”, diz a diretora do Goethe.

Além do networking, geração de negócios, sorteio de brindes, uma atração cultural animará a noite de negócios. Não perca essa chance, então marque na sua agenda: 16 de agosto, a partir das 17h, no Clube Curitibano – Sede Concórdia. E se você quer expor seus produtos e serviços, corra! Ainda há três espaços disponíveis para negociação. As inscrições serão aceitas até o dia 10 de agosto e devem ser feitas pelo e-mail ahkparana@ahkbrasil.com, contendo nome completo, empresa, cargo ocupado e telefone para contato.

AHK Business Night

Data: 16 de agosto (quinta-feira)

Horário: a partir das 17h

Local: Clube Curitibano – Sede Concórdia| Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 815 – São Francisco

Inscrições* e informações: (41) 3323-5958 ou ahkparana@ahkbrasil.com. Entrada gratuita.

*e-mails destinados à inscrições devem conter nome, empresa, cargo e telefone de contato.

Aberta licitação para implantar o EstaR digital em Curitiba

 Foto:Pedro Ribas/SMCS

Foto:Pedro Ribas/SMCS

A Urbs (Urbanização de Curitiba S/A) lançou nesta quinta-feira (12/7) licitação para modernizar o Estacionamento Regulamentado na cidade (EstaR), que passará a ser digital. Nesta etapa será escolhida uma plataforma tecnológica responsável por gerenciar aplicativos de celulares, homologados pela URBS, para venda de créditos de EstaR aos motoristas.

Além do EstaR digital, a plataforma deverá oferecer outras funcionalidades como aplicativo para táxis e transporte público. “Será o fim do papel. Faz parte da estratégia do nosso Vale do Pinhão estimular a inovação e criar facilidades para os curitibanos”, comemora o prefeito Rafael Greca, em referência ao movimento da Prefeitura e do ecossistema da capital para transformar Curitiba na cidade mais inteligente do País.

No novo sistema a ser implantado deverão ser agregados três serviços aos cidadãos: aplicativo de venda de EstaR e aplicativos para a frota de táxi e aos ônibus da Rede Integrada de Transporte (RIT) com indicação de origem/destino ao passageiro.

Além desses serviços, a empresa vencedora deverá desenvolver ainda um aplicativo de fiscalização do EstaR para ser usado pelos agentes da Superintendência de Trânsito (Setran). A fiscalização e aplicação de multas por infrações permanece na competência da Setran e a Urbs segue responsável pelo gerenciamento dos serviços de venda de EstaR.

“Trata-se de uma modernização completa. Uma multiplataforma que agregará diferentes serviços de suporte à mobilidade urbana”, disse o presidente da Urbs, Ogeny Pedro Maia Neto.

Os aplicativos de venda EstaR deverão ser homologados pela Urbs. É através deles que os cidadãos passarão a comprar os créditos para as horas de estacionamento rotativo.

Aplicativos

Em vez dos cartões usuais, os motoristas passarão a adquirir os créditos por meio dos aplicativos homologados que serão disponibilizados gratuitamente para celulares. Entre as facilidades, os APPs deverão indicar a quantidade de créditos, o tempo restante de estacionamento pago e ainda produzir alarme para avisar que o período está terminando dando a oportunidade que o usuário faça a renovação à distância caso o tempo possa ser estendido.

Quem não possuir smartphone ou tenha dificuldade de acesso à internet terá a opção de comprar o crédito do EstaR eletrônico nos pontos de venda credenciados. O agente de trânsito, por sua vez, vai dispor de um sistema que informará se o veículo pagou pela hora de estacionamento na sua vaga, facilitando a fiscalização.

Como regra da concessão, a plataforma vencedora deverá oferecer, no mínimo, 75% do valor de venda dos créditos de EstaR para o município.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Inscrições para Mostra de Profissões da UP estão abertas

imagem_release_1346476 (640x427)

Um dia inteiro para conversar sobre carreira, vivenciar o dia a dia das profissões, conhecer um dos mais belos campi universitários do Brasil e tirar as últimas dúvidas antes de escolher o curso superior. É o que propõe a Universidade Positivo (UP) com a Mostra de Profissões. Realizado desde 2001, o evento é esperado todos os anos por estudantes do Ensino Médio da capital e do interior do Paraná e Santa Catarina. Este ano, a Mostra de Profissões da UP acontece no dia 1° de agosto, das 8h às 21h30, no câmpus Ecoville.

Para oferecer aos jovens e suas famílias uma experiência completa no câmpus, o evento conta com food trucks, bandas, oficinas gratuitas, feira de cursos, visitas guiadas pelo câmpus, além de atrações durante todo o dia. Os estudantes que cumprirem cinco atividades específicas terão isenção na taxa de inscrição para o vestibular de mais de 50 cursos da instituição. Para participar da Mostra de Profissões UP 2018, os interessados devem se inscrever gratuitamente no hotsite do evento: up.edu.br/mostra.

Mostra de Profissões UP 2018

Data: quarta-feira, 1° de agosto

Local: Universidade Positivo (R. Prof. Pedro Viriato Parigot de Souza, 5.300 – Ecoville)

Informações e inscrições: up.edu.br/mostra

Uninter promove maior feira de empregos e profissões do país e oferece mais de 3.500 vagas de trabalho

O Brasil tem quase 28 milhões de desempregados segundo pesquisa divulgada em maio deste ano pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Somente no Paraná, estado com maior índice de desocupação da região Sul, há 495 mil pessoas sem emprego. Para contribuir com a mudança nesse cenário, o Centro Universitário Internacional Uninter promove a segunda edição da Feira de Empregos e Profissões, considerada atualmente, o maior evento do país no segmento com oferta de mais de 3.500 vagas de trabalho em apenas um dia.

O evento tem entrada gratuita e acontece no dia 21 de julho, das 9h às 19h, no Expo Renault Parque Barigui. Haverá oportunidade para todos os níveis de qualificação e idades, de aprendizes a cargos de mestres e doutores. Também serão ofertadas vagas para pessoas com deficiência, revendedores e profissionais que queiram trabalhar como autônomos e operacionais. Os salários vão de R$1.200,00 a R$12.000,00. Mais de 40 empresas de Recursos Humanos e outras grandes contratantes estarão presentes, realizando triagens e agendando entrevistas. A organização orienta que o interessado já leve vários currículos impressos.

“No ano passado contabilizamos mais de 67 mil atendimentos, passaram pela feira mais de 14 mil pessoas e preenchemos todas as vagas oferecidas. Certamente, muitos candidatos que deixaram seus currículos ainda estão colhendo os frutos dos contatos feitos no evento”, conta Jorge Bernardi, vice-reitor da Uninter e organizador da feira.

Quem estiver no local poderá participar dos talk-shows e palestras realizados durante todo o dia. Após cada bate-papo serão emitidos certificados de extensão e horas complementares.

As inscrições são gratuitas e realizadas no local.

Profissões

A Uninter é considerada o maior e melhor centro universitário do país, segundo o Enade/MEC, e há sete anos consecutivos é a mais lembrada no Prêmio Top Educação. Além disso, possui mais de 650 polos de EAD que levam educação de qualidade para todo o país. Somente em 2018 foram lançados 17 novos cursos, entre eles, três que são inéditos no Brasil: Tecnólogo em Investigação Profissional – Habilitação para Detetive Particular, Educador Social e Bacharelado em Psicopedagogia. Com essa feira, a instituição alia a oferta de empregos com oportunidades para quem quer iniciar ou voltar a estudar.

O público vai encontrar mais de 40 estandes de cursos de graduação, pós-graduação e mestrado, onde os professores estarão presentes explicando cada curso e tirando dúvidas dos futuros estudantes. Os materiais de apoio utilizados nas aulas e os kits de engenharia elétrica, jornalismo, investigador profissional e robótica estarão expostos no local.

Os interessados já poderão realizar o vestibular para mais de 99 cursos superiores, gratuitamente durante a feira, sem a obrigatoriedade de inscrição prévia. E quem fizer a matrícula na hora vai ganhar um curso de inglês on-line.

O Grupo Uninter desenvolveu um programa de orientação profissional para estudantes do ensino médio, o Link no Futuro. O serviço é totalmente gratuito e estará à disposição dos visitantes da feira: basta realizar inscrição no site www.linknofuturo.com e dar início ao teste.

Nesta edição, a Uninter conta com o apoio do Ministério do Trabalho, Governo do Estado Paraná, Fenascon, Sineepres e Sindeprestem-PR. Mais informações podem ser obtidas pelo site http://www.uninter.com/feira ou pelo 0800 702 0500.

2ª Feira de Empregos e Profissões Uninter

Data: 21 de julho, das 9h às 19h.

Local: Expo Renault Barigui, Rua Batista Ganz, 430, Santo Inácio, Curitiba (PR).

Inscrições: gratuitas e podem ser feitas na hora e local do evento.

Mais informações: http://www.uninter.com/feira ou 0800 702 0500

‘Uber do Ônibus’ chega a Curitiba

A partir desta semana, os moradores de Curitiba passam a contar com o serviço oferecido pelo aplicativo Buser, conhecido como ‘Uber do Ônibus’. A plataforma, criada em 2017, conecta passageiros com destinos em comum para fretar um ônibus e, com isso, economizar até 60% no valor do transporte.

Quem viajar entre a capital paranaense e São Paulo em ônibus leito, por exemplo, vai gastar em média R$79,90, valor 47% mais baixo se comparado às passagens rodoviárias com as mesmas acomodações.

A ideia, segundo o cofundador Marcelo Abritta, é fomentar o uso da tecnologia para o transporte compartilhado. “Queremos implantar no transporte rodoviário intermunicipal e interestadual a mesma liberdade de escolha que os aplicativos como o Uber trouxeram para a mobilidade urbana”, afirma Abritta.

Para viajar, basta se cadastrar pelo site ou aplicativo da Buser, juntar-se a um grupo de viagem já formado, ou criar o próprio grupo com o destino desejado. O frete é contratado totalmente online e o passageiro ainda pode escolher as opções de viagem em ônibus leito ou executivo.

Curitiba é a primeira cidade da região sul a receber o serviço. Nesta semana, o aplicativo também passa a atender passageiros das cidades de São José dos Campos/SP, Caraguatatuba/SP, São Sebastião-Ilhabela/SP, além do Distrito Federal. “A expansão é decorrência de novas parcerias com empresas de fretamento dessas regiões, o que nos permite oferecer a mesma qualidade de serviço seja qual for o local de partida ou chegada”, explica Abritta.

Atualmente, moradores de mais de 20 cidades podem se conectar para viajar por meio do aplicativo. Segundo a empresa, até o final do ano, outros municípios das regiões sudeste e centro-oeste passarão contar com o serviço.

Curitiba está entre as regiões metropolitanas com as melhores conexões WiFi públicas do Brasil

O aplicativo Instabridge, considerado a maior comunidade de compartilhamento de WiFi público no mundo, fez um levantamento entre as 1 milhão de pontos de internet móvel públicos no Brasil compartilhados por seus usuários para identificar as áreas metropolitanas com as melhores conexões de internet móvel disponíveis para acesso e utilização dos seus 11,5 milhões de usuários somente no Brasil – no mundo, o Instabridge soma mais de 19,5 milhões de downloads.

Entre as áreas metropolitanas mapeadas, Recife ocupa o primeiro lugar do ranking com 41,31% do total de redes disponíveis na região (20 mil) com maior probabilidade de conexão pelo usuário. A classificação do ranking Instabridge leva em consideração a estabilidade da internet, a quantidade de vezes em que o ponto WiFi foi utilizado desde seu compartilhamento por um usuário no aplicativo, atualizações recentes da conexão pela comunidade, entre outros fatores.

Em seguida, ainda entre as cinco primeiras posições estão Campinas (38.40%), Fortaleza (38.22%), Curitiba (38.08%) e Salvador (36.54%). Já as três maiores capitais brasileiras por população, São Paulo, Rio de Janeiro, e Brasília estão nas últimas colocações no top 10 de redes WiFi públicas do Instabridge com probabilidade de conexão e navegação pelo usuário: apenas 33.27%; 33.71%; e 34.03%; respectivamente, do total de pontos WiFi no aplicativo oferecem, de fato, uma boa conexão para o usuário. Em relação ao número de redes WiFi cadastradas no Instabridge, São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte têm as áreas metropolitanas com a maior soma de pontos WiFi: 115 mil, 74 mil, 25 mil, respectivamente.

O Brasil é o quarto país com maior número absoluto de usuários de Internet, ficando atrás de Estados Unidos, Índia e China, segundo relatório da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD) do ano passado. Entre os usuários da Internet com 10 anos ou mais de idade, 94,6% se conectaram via celular, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua 2016, especificamente para acesso a TV, celular e internet, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Somado a isso, 94% usaram a internet para trocar mensagem (de texto, voz ou imagens).

“Os brasileiros estão usando a internet como uma forma de comunicação alternativa, por isso, a demanda por boas conexões também aumenta. Nossa missão não é apenas trazer internet para todos, mas também oferecer o acesso à internet de qualidade. A rede encurta distâncias, fortalece laços, facilita burocracias”, comenta Niklas Agevik, CEO na Instabridge.
Confira o ranking das dez áreas metropolitanas com maior probabilidade de conexão à internet via redes WiFi do Instabridge:

unnamed (93)

Saiba como localizar uma rede WiFi com melhor conexão:

No último trimestre do ano passado, a Instabridge alterou seus algoritmos para que os usuários pudessem se conectar ainda mais facilmente ao aplicativo e, consequentemente, às redes WiFi ali cadastradas. “Com esta melhoria, o número de usuários que se conectaram à internet com o Instabridge na sua primeira semana de uso aumentou cinco vezes. Essa melhoria se reflete também no dia-a-dia dos usuários. Se você não tem internet móvel e confia no WiFi para as mensagens do WhatsApp, por exemplo, você terá mais chances de receber mensagens ao caminhar pela cidade do que antes dessas mudanças, uma vez que há mais chances de se conectar às redes automaticamente à medida que você passa por elas”, diz Ben Summers, Backend Developer na Instabridge.
A Instabridge, startup sueca de tecnologia que desenvolve o aplicativo mobile de mesmo nome – disponível para iOS e Android –, tem investido continuamente para aprimorar a sua conectividade para que os usuários possam usufruir ao máximo de seus recursos. Um deles é o indicador de redes WiFi com melhor conexão – apenas na versão Android – aplicado em um raio de até 1.250 metros (ou 20 minutos de caminhada) em que o usuário se encontre. Após se conectar automaticamente ao aplicativo, o usuário tem acesso a uma lista com as redes adicionadas ao aplicativo categorizadas pelos sinais verde, amarela e vermelha, indicando da maior a menor probabilidade de conexão e navegação, respectivamente. Outro diferencial do Instabridge é que mesmo que o usuário não esteja conectado a nenhuma rede de internet, ele ainda assim pode acessar o mapa de redes WiFi próximas a ele que estão cadastradas no aplicativo por meio do Mapa Off-line e, assim, se conectar.

O Instabridge possui atualmente 2 milhões de pontos WiFi, sendo metade do total de redes compartilhadas por usuários do Instabridge (1 milhão) no Brasil. São Paulo (245 mil), Rio de Janeiro (105 mil), Minas Gerais (95 mil), Bahia (80 mil), Paraná (60 mil), Rio Grande do Sul (40 mil), Distrito Federal (15 mil) e Paraíba (23 mil) aparecem no ranking brasileiro com o maior número de pontos de WiFi cadastrados. Esse aumento do número de redes no País reflete um crescimento de 200% comparando o último trimestre de 2017 e 2016, período que somava 300 mil redes. O número de downloads somente no Brasil também cresceu: de 3,6 milhões de usuários no último trimestre de 2016 para 11,7 milhões no mesmo período do ano passado, o que representa um crescimento de 225%. No mundo, o Instabridge soma 19 milhões de usuários.

Grupo Positivo recebe cônsules do Reino Unido em Curitiba

A Universidade Positivo (UP) e o Colégio Positivo Internacional receberam, na última semana, a visita do cônsul honorário do Reino Unido, Adam Paul Petterson, e da cônsul-geral britânica em São Paulo, Joanna Crellin.

No Colégio Positivo Internacional, a visita foi guiada pelo diretor da unidade, professor Pedro Daniel Rodrigues da Silva Oliveira, que apresentou a estrutura das instalações e explicou a proposta de ensino internacional da escola.

Na Universidade Positivo, os cônsules foram recebidos no Prédio da Reitoria pelo professor José Pio Martins, reitor da instituição, e Alessandro Brawerman, professor dos cursos de Engenharia. Eles conversaram sobre parcerias com empresas e universidades britânicas.

As visitas foram acompanhadas pelo Glavio Leal Paura, diretor do Departamento de Assuntos Internacionais, e Ricardo Rio, responsável técnico do Departamento de Assuntos Internacionais.

Com incentivo à inovação, Curitiba almeja ser o Vale do Silício brasileiro – Por Diogo Kastrup Richter


A inovação tecnológica é visualizada cada vez mais como um importante meio de crescimento econômico e de melhora dos índices de qualidade de vida, perseguida pelos setores público e privado.

Antes praticamente restritos aos geeks do Vale do Silício, termos como aceleradoras, incubadoras, investidores-anjo e venture capital são jargões cada vez mais corriqueiros no ambiente empresarial. Governos têm gradativamente destinado recursos para atrair ideias inovadoras para os seus domínios. Instituições de ensino, que são referência no conhecimento de ponta, têm buscado parcerias com esses agentes do ecossistema de inovação.

O poder de transformação da inovação e da tecnologia não tem passado despercebido em solo tupiniquim. De acordo com o ranking das Empresas Mais Inovadoras do Mundo, da Fast Company, o Brasil é sede de cinco das 350 empresas mais inovadoras do mundo e, recentemente, alcançou a façanha de conquistar sua primeira startup unicórnio (valor de mercado maior que US$ 1 bilhão).

Parques tecnológicos, fomentados por parcerias público-privadas, têm surgido em diversas cidades brasileiras – tal como o Sapiens Parque, em Florianópolis, e o Porto Digital, em Recife – todos disputando a alcunha do Vale do Silício brasileiro. A par desse cenário, a Prefeitura de Curitiba implantou, em 2017, a Política Municipal de Fomento ao Ecossistema de Inovação, à qual se deu o nome de Vale do Pinhão. É uma política de integralização de ações de universidades, investidores, grandes empresas e startups para a geração de negócios inovadores na capital paranaense, fazendo dela um polo de tecnologia nacional.

A Prefeitura anunciou, no fim de maio deste ano, o relançamento do Programa Curitiba Tecnoparque. Inativo desde 2013, o Programa concede diversos benefícios fiscais a companhias de setores considerados estratégicos, como empresas de telecomunicação, informática, pesquisa e desenvolvimento, design, ensaios de qualidade, instrumentos de precisão e automação industrial, biotecnologia, nanotecnologia, novos materiais, saúde, meio ambiente e outros setores produtivos de base tecnológica. Mediante a submissão de projeto de Pesquisa e Inovação à Agência Curitiba, gestora do Curitiba Tecnoparque, as empresas de tecnologia localizadas na capital paranaense podem contar com alíquota de 2% de ISS (ordinariamente de 5%), bem como, se instaladas no Setor Especial do Programa, com isenção de IPTU, de taxa pelo exercício do poder de polícia, de contribuição de melhoria e, ainda, de ITBI, para a instalação do estabelecimento comercial.

Com a significativa diminuição da carga tributária suportada pelo setor de tecnologia, a Prefeitura espera atrair negócios inovadores para a cidade, que já é casa de diversas startups de relevância nacional e internacional. Mas o trabalho não deve parar por aí: de acordo com o Índice das Cidades Empreendedoras, da Endeavor Brasil, o município ainda carrega o fardo de um ambiente regulatório complexo, o que torna manutenção de negócios na cidade um verdadeiro desafio burocrático – em terras onde o custo Brasil é conhecido por tornar o empreendedorismo uma atividade difícil, senão impraticável.

Com essas medidas, espera-se que a cidade Luz dos Pinhais se mantenha na trilha para se tornar um baluarte de inovação e tecnologia nacional – e uma chama de esperança à castigada economia brasileira. Afinal, ambientes de inovação saudáveis, lastreados em instituições eficientes, favorecem a difusão de conhecimento entre os diversos segmentos da sociedade, atingindo o interesse público em múltiplas facetas. Resultado: todos saem ganhando.

Diogo Kastrup Richter, advogado do departamento tributário do escritório Marins Bertoldi.

Loja da DJI em Curitiba anuncia promoções especiais durante a campanha mundial Now It’s Epic

unnamedDJI

A temporada de viagem chegou e com ela a campanha mundial Now It’s Epic da DJI, líder mundial em drones para uso civil e em tecnologia de imagens aéreas. Até o dia 17 de junho, a loja autorizada da marca em Curitiba, localizada no Shopping Pátio Batel, sediará o evento DJI Fan Week com promoções, brindes e ações especiais para seus consumidores. A ideia é que cada vez mais as pessoas possam utilizar drones nas suas viagens afim de criar imagens épicas de uma perspectiva completamente nova.

Na compra de um drone da DJI na loja, durante o período da campanha, o cliente ganhará um treinamento de pilotagem. Esse curso normalmente custa R$990,00 e, na semana do evento, sairá de brinde. Durante esses dias a autorizada também adotará uma política de parcelamento especial.

O drone super portátil Mavic Air foi desenvolvido com foco em viajantes e entusiastas da vida ao ar livre e é considerado o melhor drone de uso pessoal presente no mercado. Novidade entre os drones da DJI lançados no Brasil e no mundo, o Mavic Air é equipado com câmera 4K que proporciona imagem de altíssima qualidade e conta com os modos QuickShot e SmartCapture para uma captura mais inteligente de fotos e vídeos. Também possui a tecnologia Flight Autonomy 2.0, sistema de assistência de pilotagem avançada que proporciona um voo mais prático e seguro.

A segunda unidade da DJI no país foi inaugurada em Março deste ano e funciona como um verdadeiro ponto de encontro para os fãs da marca e amantes de drones, além de possuir uma arena de voo e a possibilidade de que o consumidor conheça a linha completa de drones, estabilizadores de imagem, acessórios e outros produtos da marca.

moObie abre inscrições de sua plataforma para compartilhamento de carros em Curitiba

Tamy Lin, CEO e fundadora da moObie

Tamy Lin, CEO e fundadora da moObie

A moObie, comunidade que busca promover a economia criativa e incentivar novas soluções de mobilidade urbana, iniciou sua expansão pelo Brasil e abriu inscrições para que motoristas e possíveis clientes possam ocupar a plataforma mobile para alugar carros de pessoa para pessoa, de forma simples e prática, sem burocracias e por preços muito mais competitivos que os das locadoras convencionais.

Em breve, estarão disponíveis para aluguel na cidade carros de diferentes modelos e várias faixas de preço. O movimento visa contribuir para localidades mais inteligentes e colaborativas, criando uma relação de troca e ganho para todos e oferecendo como vantagem o fato de não colocar novos carros na rua, mas utilizar o potencial dos que estão ociosos nas garagens.

Atualmente a moObie é a maior plataforma de compartilhamento de carros do País, com mais de 80 mil usuários. O lançamento da operação em Curitiba é muito importante para a empresa, que está em expansão pelo País. “Com sua tradição em mobilidade que atravessa décadas, nada mais acertado para nossos próximos passos do que iniciarmos operação em uma cidade que já respira mobilidade há muitos anos. Seremos mais um modal a integrar as alternativas existentes, só que com o diferencial de empoderar mais as pessoas e fazê-las agentes, ao disponibilizarem seus carros entre elas”, conta Tamy Lin, CEO da moObie.

Até 2025 deverão ser movimentados mais de US$ 335 bilhões em negócios relacionados ao mercado mundial de compartilhamento, segundo recente levantamento da consultoria PwC. “Pessoas de todo o mundo estão cada vez mais compartilhando seus bens, que vão de casas, carros e objetos que, até pouco tempo, eram considerados impensáveis de abrir mão em prol de outras pessoas que não teriam acesso. Vejo no Brasil um grande potencial para fazer parte cada vez mais dessa inclusão de uma geração inteira que terá no compartilhamento um modo de estar no mundo”, conta Tamy.

Como funciona

A locação acontece de Pessoa para Pessoa (P2P) por meio de um app intuitivo e prático. O condutor que precisa de um carro cadastra o cartão de crédito e a CNH pelo celular, que é avaliada pelo time da moObie quanto à validade e regularização, além de outros critérios que garantem a segurança da comunidade. O proprietário cadastra seu carro que passa por uma validação na qual são verificados a situação junto ao Detran/Denatran, vigênciado seguro e critérios de elegibilidade.

Depois de cadastrado, o interessado acessa o app para buscar o veículo disponível mais indicado à sua necessidade em um mapa de localização, verifica preço e solicita a reserva. Do outro lado, o dono visualiza o pedido e tem autonomia para aceitar ou não a solicitação na data especificada, de acordo com sua disponibilidade. O pagamento é feito no ato da confirmação da reserva via cartão de crédito do condutor e entra na conta do proprietário do carro cadastrada na moObie em datas pré-definidas.

No ato da entrega das chaves, é realizado um checkin no próprio app e na devolução é feito checkout via celular. O carro deve ser devolvido nas mesmas condições em que foi entregue, limpo e abastecido. Caso haja infração ou acidente durante a locação, há processos preestabelecidos. O número da habilitação do usuário fica registrado e o carro está segurado durante todo período de locação. Se houver sinistro, a seguradora da moObie é a responsável e não a do proprietário. E se houver infração, os pontos vão para o usuário, não para o dono do carro.

A felicidade está ligada diretamente com o aprendizado do profissional e o lucro das empresas

Afinal, a felicidade é realmente uma aliada importante no ambiente profissional? Por que e como conquistá-la? A especialista Caroline Tormena, Coach Integral Sistêmico e Process Improve Lead at ExxonMobil, conversou com executivos em um encontro na Amcham-Curitiba, na última semana e explicou os benefícios e as diferenças de resultados gerados pelo bem-estar no ambiente profissional.

“Antes, a felicidade estava relacionada a um conceito sentimental, romântico e utópico. Hoje em dia, a felicidade é uma ciência, totalmente relacionada à nossa mente”, explica Caroline.

Abaixo, confira os principais pontos:

Prosperidade

Nossa mente é feita para nos proteger, por isso é tão difícil mudar e sair da zona de conforto. O foco negativo faz parte de um mecanismo de sobrevivência. Mas, é com o foco positivo, que prosperamos. É com ele que alcançamos maior concentração, memória, criamos, resolvemos problemas e encontramos soluções.

Aprendizado

A melhor combinação para aprendermos é: foco total, tática inteligente e uma pitada de alegria. Se você é feliz, você aprende mais.

Lucro

Uma pesquisa, publicada na Harvard Business Review by Shawn Achor, provou que a felicidade aumenta os resultados nos negócios: vendas em 37%, produtividade em 31% e acertos nas tarefas em 19%.

E como obter a felicidade?

“Temos algumas possibilidades, eu gosto de destacar o treinamento de inteligência emocional, que aumenta o engajamento e a consciência de resultados, o treinamento de liderança positiva, para empoderar as equipes com resultados e feedbacks, e a construção de relacionamentos positivos entre os colaboradores, que impacta diretamente na felicidade”, conclui a coach.

Bcredi lança desafio a alunos universitários para mudar a cultura do brasileiro em relação ao crédito

A Bcredi, empresa especializada em crédito descomplicado com garantia de imóvel, lançou no fim de maio um desafio aos alunos da FAE Centro Universitário, em Curitiba. Durante a 2ª edição da maratona de conhecimento Workatona, os estudantes foram desafiados a levantarem ideias de como inserir esse tipo de crédito, muito comum em países desenvolvidos, na cultura do brasileiro. Os alunos das equipes vencedoras participarão agora de um processo seletivo para estágios na Bcredi com foco no processo de implementação das propostas.

As 77 equipes participantes tiveram 12 horas para elaborarem suas apresentações. A avaliação foi feita por profissionais da Bcredi, do Sebrae e professores da FAE e foram utilizados cinco critérios: inovação da proposta, criatividade na apresentação, sustentabilidade social e ambiental, habilidade técnica e financeira e potencial de disseminação. A proposta vencedora, apresentada por estudantes de Direito e Publicidade e Propaganda, envolve a criação de uma rede de relacionamento entre clientes para indicação de crédito mais saudável.

“Confirmamos no evento nossa aposta de que o meio acadêmico pode contribuir para o nosso dia a dia como empresa. Aqui na Bcredi pensamos diariamente em soluções para inserir o crédito com garantia de imóvel na cultura do brasileiro”, afirma a gerente de marketing da Bcredi, Ana Victória Guarinello. “Houve muito engajamento, dedicação e vibração dos alunos”, completa.

A empresa elegeu quatro propostas como as favoritas e agora abrirá um processo seletivo, em parceria com o núcleo de empregabilidade da FAE, para escolher, entre os alunos dessas equipes, estagiários que ajudem na implementação das soluções. O processo começa em junho com dinâmicas de grupo promovidas pela FAE e continua com entrevistas na Bcredi. A empresa não restringiu o número de estudantes que poderão ser contratados e prefere avaliar os alunos por desempenho.

Ana Victória destaca, porém, que todas as propostas têm pontos a serem considerados e, por isso, a Bcredi se reunirá com as equipes para criar uma solução única que contemple as diferentes alternativas. “Não só os primeiros colocados apresentaram boas ideias, então decidimos convidar todas as equipes para conversas que nos ajudem a entender como chegaram em suas conclusões. Esse processo nos ajudará a implementar o melhor de cada uma”, explica.

PareBem lança diária de R$ 9,90 no estacionamento oficial do aeroporto de Curitiba

Próximo de completar nove meses da inauguração do Edifício Garagem, a PareBem, administradora do estacionamento oficial do Aeroporto Afonso Pena, inova mais uma vez e passa a oferecer uma das menores tarifas diárias de estacionamento dentro de um aeroporto, com o intuito de ampliar o acesso. A diária de R$ 9,90 é válida para um novo setor do estacionamento, o Externo 2, localizado a 300 metros da entrada do terminal, e já está disponível para compra antecipada no site da PareBem. Com a criação do Externo 2, o usuário passa a contar com três setores de estacionamento diferentes dentro do aeroporto.

“Lançamos esta proposta com o objetivo de democratizar o estacionamento do aeroporto. Queremos atender bem a todos os perfis de clientes”, explica Marcelo Nunes, CEO da PareBem Estacionamentos.

As outras opções, quando adquiridas antecipadamente pelo site, oferecem até 40% de desconto se comparados com o valor praticado no balcão. Para quem optar por estacionar no Edifício Garagem com acesso direto ao terminal de embarque, por exemplo, a taxa sugerida para a diária no balcão, de R$ 32, cai para R$ 19,20 para quem fizer a compra online antecipada. Outra opção é para o estacionamento Externo 1, onde as vagas são cobertas por sombreadores e que ficam a 70 metros do terminal de embarque, por apenas R$ 14,70 a diária na compra online antecipada, ante R$ 21 no balcão.

“A aquisição online já representa mais de 80% das compras nos estacionamentos localizados em aeroportos ou terminais de trem e de ônibus na Europa. O modelo de negócio beneficia o usuário que programa sua estadia com antecedência e pode aproveitar ofertas oferecidas para compra nessa modalidade. Além disso, melhora a experiência do cliente ao eliminar a etapa de passar por um caixa de pagamento para validar o tíquete”, explica Marcelo Nunes, CEO da PareBem Estacionamentos.

O sistema de compras online também é oferecido em outros locais com operação da PareBem Estacionamentos. Entre eles estão os localizados no estacionamento oficial do aeroporto de Fortaleza (CE) e no Off Airport de Confins (MG). Veja como é fácil o procedimento para efetuar a compra por meio do site.

Como fazer sua compra online

1. Acesse http://parebem.com.br

2. Clique no botão faça sua compra online na barra superior e escolha o estacionamento do aeroporto Afonso Pena

3. Informe a data de entrada e data de saída para o sistema calcular o custo.

5. Preencha o formulário de cadastro e na sequência e informe os dados de seu cartão de crédito, para efetuar o pagamento.

6. O sistema gera um voucher/comprovante em tela com os dados de compra e mostrando como chegar ao estacionamento.

7. Basta imprimir ou tirar um print do QR Code para passar no leitor da cancela de entrada e saída

O futuro dos softwares – Por Márcio Viana

imagem_release_1289669

Cada vez mais empresas fornecedoras de tecnologia têm procurado e ampliado a oferta de soluções SaaS (software as a service, ou software como serviço, em português). O fornecimento de serviço por meio de assinatura é a principal característica desse tipo de contratação, que apresenta vantagens como redução de custos e praticidade. Nesse cenário, profissionais liberais e pequenos e médios empresários se beneficiam pelo fato de começar suas atividades utilizando soluções tecnológicas de ponta sem comprometer o orçamento.

No mercado, grande parte dos SaaS são oferecidos na nuvem e, segundo pesquisa da Synergy Research Group, a estimativa é que contratação desses serviços dobre nos próximos três anos. Por rodarem na web, esses aplicativos são mais leves, além de também já oferecerem backup automático dos dados, que é gerenciado por servidores mais robustos e seguros. Mas a modalidade traz um ganho que nem sempre o usuário percebe: constante atualização.

Pelo fato do serviço ser contratado por meio de mensalidades, o usuário pode buscar, a qualquer momento, outra ferramenta que o atenda de maneira mais completa. Dessa forma, as empresas de tecnologia são incentivadas a melhorarem o serviço e buscarem novas soluções, uma vez que o usuário não fica mais “amarrado” ao investimento realizado para adquirir o software. E mais, as desenvolvedoras podem promover melhorias constantemente, não sendo mais necessário esperar um novo pacote para incentivar a compra de uma versão mais recente do software.

Grandes empresas de tecnologia veem as contratações desse modelo de serviço subir de maneira exponencial, pelo fato dos custos iniciais de implantação serem mais baixos comparados a de outros softwares. O ativo, aqui, é nada atrativo: com a evolução tecnológica, os softwares têm apresentando funções cada vez mais inovadoras, e a atualização constante pode ajudar nos negócios. Além disso, a contratação por mensalidade é atrativa, porque dilui os custos e permite que a aquisição de novas licenças acompanhe a evolução da empresa, que pode ampliar ou reduzir o número de colaboradores, deixando de investir em algo que poderá não ser utilizado.

E a gama de opções de SaaS são grandes: agroindústria, educação, jurídico, saúde, varejo, manufatura, financeiro e comércio são apenas alguns exemplos de áreas que podem aproveitar a oportunidade de utilizar soluções personalizadas para seus negócios. Para aproveitar ao máximo os benefícios desse conceito, é importante que as companhias revejam seus processos, evitando customizações Isso porque, quando é necessário que o software seja adequado às necessidades individuais, além de ter um custo adicional, o cliente poderá ter que fazer novas alterações após as mudanças de versão das plataformas utilizadas.

Soluções baseadas em benchmarking dispõem as melhores práticas dos processos realizados pelo mercado e facilitam a implantação nos negócios. Por serem padrão, as atualizações são mais práticas e o cliente tem a melhor experiência de uso. Usar – e não possuir – é a tendência do mercado. E muito mais vantajosa para todos os envolvidos.

Márcio Viana é diretor executivo da TOTVS Curitiba

Curitiba volta a ter Tecnoparque e ISS reduzido para inovação e tecnologia

O Curitiba Tecnoparque – programa de atração de empresas de base tecnológica para a capital – será relançado nesta quarta-feira (30/5). O programa, suspenso para novas adesões desde 2013, ainda na gestão anterior, volta a oferecer desconto de 5% para 2% no Imposto Sobre Serviços (ISS) a empresas que investem em tecnologia e inovação.

Mas o benefício fiscal é apenas uma das facetas do Tecnoparque, que integra o Vale do Pinhão, o movimento de todas as áreas da Prefeitura e do ecossistema de inovação da capital para tornar Curitiba a cidade mais inteligente do país. “O programa é um dos pilares do Vale do Pinhão e é estratégico, já que incentiva a inovação e os processos de mudança tecnológica, principal força motora para o desenvolvimento econômico sustentável, com aumento da produtividade, da renda, da geração de empregos e da competitividade internacional”, argumenta Cris Alessi, presidente da Agência Curitiba, órgão ligado à Prefeitura e que trabalha na atração de investimentos para a cidade e no fomento do Vale do Pinhão.

Entre as atividades incentivadas pelo Tecnoparque, estão telecomunicações, informática, pesquisa e desenvolvimento, design, ensaios e testes de qualidade, instrumentos de precisão e automação industrial, biotecnologia, nanotecnologia, saúde, novos materiais e tecnologias ambientais. Para participar do programa, as empresas devem apresentar um projeto para análise técnica ao Comitê de Fomento do Município — formado por entidades do setor público e da sociedade civil organizada (como UFPR, PUCPR, UFTPR, Fiep).

A presidente da Agência Curitiba ressalta que, além do benefício fiscal oferecido pelo Tecnoparque, a infraestrutura da cidade, a qualidade de vida e a mão de obra qualificada que sai das mais de 50 instituições de ensino superior da capital também deverão ser fatores decisivos para que novas empresas invistam em inovação e tecnologia em Curitiba. “Elas poderão se beneficiar da cultura existente na cidade, da questão urbanística e do ecossistema de inovação existente na capital para crescer e gerar novos empregos”, justifica Cris.

Enquadradas

Atualmente, 84 empresas de base tecnológica estão enquadradas no Tecnoparque, por terem aderido ao programa antes de 2013. Estima-se que elas tiveram um aumento médio de 20% no faturamento e que seus quadros de colaboradores cresceram, em média, 16% desde o lançamento do programa em 2008.

Centro médico referência nacional em pesquisas de diagnóstico voltado ao combate do câncer e de doenças cardiovasculares, a Quanta Diagnóstico e Terapia aderiu ao Tecnoparque em 2011 e, anualmente, investe cerca de R$ 6 milhões em pesquisa e inovação – recursos próprios, financiamentos e acordos internacionais. “Nosso Departamento de Inovação tem realizado pesquisas e estudos para novos protocolos nos tratamentos cardiológicos e de câncer, que estão permitindo trazer recursos de instituições internacionais para Curitiba”, conta o cardiologista João Vítola, diretor-geral da empresa, que tem acordos de cooperação com a Agência Internacional de Energia Atômica da Organização das Nações Unidas (AIEA) e também com a Sociedade Americana de Cardiologia Nucler (ASNC).

A Seccional Brasil, com sede na CIC, aderiu ao Tecnoparque em 2009 e produz estruturas metálicas e soluções para telecomunicação, iluminação e energia. Segundo Paulo Abreu, presidente da empresa, cerca de 2% do faturamento anual da companhia são investidos em inovação e pesquisa de novas tecnologias. “Só em 2017 foram destinados cerca de R$ 2 milhões, em recursos próprios, para projetos de inovação que resultaram em patentes para o Brasil”, salienta o executivo. A Seccional Brasil, que faz parte de um grupo formado por 16 empresas, ocupada uma área de 120 mil metros quadrados na CIC, onde estão os laboratórios e fábrica de estruturas metálicas.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Robô curitibano está entre vencedores da etapa latino-americana da Imagine Cup 2018

Imagine-Cup1_2018-779x389

A Microsoft anunciou os vencedores da etapa latino-americana da Imagine Cup, competição global da companhia que transforma projetos acadêmicos em startups de sucesso.

Os vencedores Adam Robô (Brasil),desenvolvido em Curitiba, Eranoi (México) e LEXA (Argentina) foram anunciados em cerimônia realizada em São Paulo, onde reuniu, pela primeira vez, competidores da América Latina. A vitória da etapa garante três das 34 vagas na final global que será realizada em Seattle, EUA, no mês de julho.

A grande campeã da Imagine Cup 2018 será premiada com mais de US$ 100 mil dólares, somando dinheiro, viagens e créditos em nuvem, como subsídio ao desenvolvimento do projeto, além de mentoria de Satya Nadella, CEO da Microsoft.

“Foi uma etapa muito difícil de decidir, pois tivemos projetos inovadores em um nível que nos surpreendeu, especialmente porque temos três projetos focados em saúde e acessibilidade. Estamos com grandes expectativas para a final global”, comemora Rodrigo Dias, gerente de Programas Acadêmicos e Startups da Microsoft Brasil.

Ao todo, foram inscritos mais de 5 mil competidores e 183 projetos, sendo que estavam entre os selecionados oito brasileiros, três mexicanos, um argentino e um chileno, de universidades públicas e privadas.

Os finalistas foram avaliados de acordo com critérios como inovação, caraterísticas técnicas, aplicabilidade e modelo de negócio. A banca julgadora foi formada por empresários e especialistas em startups.

Veja mais detalhes dos projetos campeões da etapa latino-americana da Imagine Cup 2018:

ADAM Robô – Centro Europeu (Brasil – PR)

Uma solução que utiliza inteligência artificial para identificar problemas oftalmológicos como miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia (vista cansada), e obter o resultado em até cinco minutos a preço acessível.

Eranoi – Instituto Tecnológico de Veracruz, Instituto Tecnológico de Culiacán, Universidad Insurgentes (México)

A solução é um sistema de monitoramento que mede, em tempo real, os sinais vitais de um paciente como temperatura, umidade, frequência cardíaca, oxigênio no sangue e atividade elétrica do coração por meio de máquina de aprendizado e inteligência artificial.

LEXA – ITBA (Argentina)

Usando a tecnologia de blockchain pública aberta, a solução armazena prescrições médicas, a fim de viabilizar as informações do paciente para futuras consultas e evitar fraudes.

Sobre a Imagine Cup

A Microsoft criou a Imagine Cup em 2003, uma competição estudantil, que tem o objetivo de transformar trabalhos acadêmicos em startups. Os alunos das mais variadas disciplinas colocam nos seus projetos toda a criatividade e conhecimento.

Fonte: Microsoft Brasil

CEO Fórum reuniu cerca de 600 executivos para discutir o futuro do trabalho

unnamed

Aguardada por executivos, empresários e empreendedores paranaenses, aconteceu na última semana a primeira edição de 2018 do CEO Fórum, realizada pela Amcham-Curitiba. Com cerca de 600 convidados, o evento promoveu discussões e deixou questionamentos ao público de como cada um está se adaptando e se preparando para o mercado de trabalho do futuro.

Quem abriu o evento foi Vidal Martins, CEO da PUCPR, com um painel de contextualização. Quatro importantes nomes conduziram as palestras do dia, trazendo diferentes abordagens para a temática futuro do trabalho. O primeiro a iniciar a imersão ao assunto foi Luis Rasquilha, especialista em futuro, tendências e inovação. Para o CEO da Inova Consulting, a mudança de era já chegou e os profissionais precisam pensar e se adaptar. “É fundamental ter coragem de pensar, ter uma capacidade criativa e de inovação. É isso que nos diferencia das máquinas: nós temos a capacidade de pensar, elas apenas executam”, afirma.

O especialista completa: “Não existe uma receita de bolo, é preciso pensar no que você é bom, o que o faz único, o que pode oferecer. E também pensar, é claro, no que o mercado precisa”.

Neste mesmo viés, sobre o que torna você um ser único, o palestrante Jhesper Rhode, falou sobre globalização, tecnologias e mudanças. Para o consultor da Hyper Island e associado do Instituto Copenhagen, não existe verdade absoluta quando se trata do futuro, mas ele deve ser trabalhado com tendências, como o desenvolvimento tecnológico, a polarização e a individualização.

“Precisamos ser criadores de experiências. Nós pensamos com o corpo todo, temos a capacidade de conversar, nos relacionar e ter empatia. Lidamos com ambientes ambíguos, ao contrário dos computadores, que pensam apenas com o ‘cérebro’, com fórmulas e cálculos. ”

Alexandre Pellaes, fundador da Exboss e sócio da 99jobs.com, trouxe uma visão crítica e bem-humorada ao evento, destacando a necessidade de enxergar a si mesmo no que faz. “Não é estar, é ser. Seremos do tamanho do espaço que decidirmos ocupar. Não podemos ser do tamanho do nosso crachá. ”

E encerrando o CEO Fórum, subiu ao palco Bibop Gresta, Chairman e COO da Hyperloop Transportation Technologies. O palestrante internacional falou mais sobre a Hyperloop, que consiste em transportar cargas ou passageiros em cápsulas sustentadas no ar por ímãs em um tubo de baixa pressão. A ideia é levar mobilidade avançada para qualquer lugar do mundo.

Doctoralia anuncia vagas em Curitiba

Plataforma abre oportunidades em diversos segmentos na capital paranaense, incluindo vagas para o programa Jovem Aprendiz. Empresa pretende chegar a 160 colaboradores até o fim do ano

A Doctoralia, plataforma líder que conecta pacientes e médicos, está crescendo no Brasil e escolheu Curitiba para sediar a empresa. Em 2017 dobrou o faturamento no país intermediando o agendamento de 200 mil consultas médicas.

Segundo Carlos Lopes, Country Manager da Doctoralia no Brasil, quando a empresa abriu seu primeiro escritório no Brasil, em outubro do ano passado, contava com 30 colaboradores e, hoje, já chega a 101 funcionários. A escolha de Curitiba como sede oficial da empresa se dá pelo atual polo industrial que foi construído na capital paraense. “Nossa expansão é uma consequência de um trabalho árduo, visando humanizar a qualidade de vida dos pacientes ao utilizar um serviço fácil e gratuito. Pretendemos chegar a pelo menos 160 colaboradores até fim deste ano”, enfatiza.

No total, estão abertas sete vagas na capital paraense distribuídas nas áreas de marketing, relações públicas, vendas e recursos humanos. Além disso, há oportunidades para o programa Jovem Aprendiz que serão anunciadas em breve, que também serão para atuação em Curitiba. “Abriremos oportunidades na área de vendas para jovens aprendizes. A criação do programa tem o intuito de tornar a empresa uma porta de entrada para o mercado de trabalho. Teremos oportunidades para jovens de 18 a 23 anos, além das vagas já anunciadas”, finaliza Rodolfo Fiorderize, gerente de Recursos Humanos da Doctoralia Brasil.

Para ter mais informações sobre as vagas abertas na Doctoralia acesse: https://www.docplanner.com/career?&loc=brazil#jobs-offers

Storia Imóveis expande operação para Curitiba

O Storia Imóveis, site lançado pela OLX em 2017 e que já opera em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre, agora chega em Curitiba. Com anúncios de imóveis de grandes parceiros como Cyrela, Living e BMX, a plataforma tem como proposta oferecer aos consumidores um serviço inovador e de alta tecnologia, que reúne o máximo de informações necessárias para que comprador ou locatário possam tomar decisões assertivas, baseadas não só no imóvel, mas também no ambiente no qual ele está inserido.

O site oferece dados sobre a infraestrutura de serviços essenciais do bairro – como bancos, hospitais, transporte, restaurantes, shoppings -, ranking de escolas (com base na nota do ENEM) e Universidades (de acordo com o INEP-MEC), além de informações como perfil demográfico da vizinhança, comparativo do preço do imóvel e média de preço do bairro com histórico de valorização do metro quadrado. Entre as fontes de informação usadas pelo Storia Imóveis estão números do IBGE, Ministério da Educação, Mapas do Google, entre outros.

“Como muitas vezes os imóveis possuem características similares, o que pode fazer uma grande diferença ao escolher entre uma casa ou outra é o bairro onde ela está localizada e o que ele oferece”, explica Marcos Leite, vice-presidente executivo da OLX Brasil.

“Uma família com filhos pode optar por uma casa grande e aconchegante, mas que está em uma região sem boas escolas e opções de lazer; um casal pode escolher um apartamento já mobiliado, porém muito longe do trabalho e sem alternativas de transporte por perto. Nesse contexto, o entorno do imóvel acaba se tornando um fator tão importante quanto a estrutura física”, completa.

Aumenta procura por imóveis em Curitiba

O Storia Imóveis chega em um momento de aquecimento nas buscas por imóveis para alugar no mercado imobiliário curitibano. Dados de um levantamento realizado pela OLX constataram um aumento de 31% nas pesquisas por imóveis na cidade no primeiro trimestre de 2018. Quando comparado com o mesmo período do ano passado, a cidade apresentou um crescimento de 18% de buscas por locação e 46% nas buscas por compra.

Os bairros que apresentaram o maior crescimento nas buscas por locação no comparativo entre os primeiros três meses de 2018 e de 2017 foram o Centro, que registrou um crescimento de 55%, e Uberaba, com aumento de 40% nas buscas. Curiosamente, os dois bairros assinalaram um aumento no valor médio do metro quadrado – 5,7% e 5,2%, respectivamente.

Na análise dos bairros para compras de imóveis, Uberaba (+91%) e Boqueirão (+67%) são os que apresentaram o maior crescimento de buscas. Enquanto o primeiro apresentou uma queda de 2,3% no valor médio do metro quadrado para compra, o segundo apresentou ligeiro crescimento de 0,5% nos valores.

Os usuários da OLX que buscam imóveis para locação em Curitiba preferem imóveis de até dois quartos e com valor entre R$1 mil e R$2,5 mil. Já para compra, a preferência é por unidades de três quartos, com valor de até R$250 mil.

Associação Comercial do Paraná se mobiliza por trânsito mais seguro

Chamar a atenção para a conscientização e redução de acidentes de trânsito é o principal objetivo da campanha Maio Amarelo, que neste ano terá como tema “Nós Somos o Trânsito”. Por este motivo, a Associação Comercial do Paraná (ACP), por meio do Conselho de Câmaras Setoriais, realizará entre os dias 14 e 18 de maio, das 10h às 17h ações relacionadas ao trânsito, com a participação das instituições e órgãos parceiros.

No calçadão da Rua XV, em frente ao edifício Barão do Serro Azul, estará exposto um automóvel totalmente destruído, após ter se envolvido em um acidente de trânsito.

Abertura e Encerramento

A abertura oficial será no dia 14 de maio, às 11h, com o presidente da ACP, Gláucio Geara, dando-se o encerramento às 16h do dia 18.

Tema de 2018

Com o mote “Nós somos o trânsito” o movimento chega à sua 5ª edição com o objetivo de fomentar na sociedade, discussões e atitudes sobre a necessidade urgente da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito. O tema foi discutido com a Associação Nacional de Detrans (AND) e foi apresentado em reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Assim como em 2017, o tema de 2018 propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e uma reflexão sobre a nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a se conscientizarem por um trânsito mais seguro.

Programação de segunda à sexta-feira, das 11h às 13h30:

14/05- Abertura Oficial com ações realizadas pela Câmara Setorial de Bicicletas;

15/05- Câmara Setorial de Prevenção às Drogas;

16/05- Câmara Setorial de Seguros;

17/05- Câmara Setorial de Prevenção às Drogas;

18/05- Câmara Setorial de Trânsito e encerramento.