Empreendedorismo é a bola da vez

Em cada 100 brasileiros, 36 são empreendedores. Ou seja, são quase 50 milhões de pessoas que já empreenderam ou realizaram algum movimento para dar início ao tão sonhado negócio próprio no futuro próximo. Esses dados estão no mais recente relatório do “Empreendedorismo no Brasil”, do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas).

Na preferência entre os que buscam abrir o próprio negócio, destaca-se a modalidade de franquias, um jeito de investimento que oferece mais segurança aos empreendedores. O destaque são as franquias de baixo investimento inicial, opção compatível tanto para complemento de renda, como para ser a principal atividade do empreendedor. Elas são encaradas ainda como um bom negócio para investidores em busca de bons retornos. De acordo com pesquisas da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o faturamento do setor foi 8% maior que 2016 e a projeção para 2018 é manter o mesmo ritmo de crescimento.

Navegando nesta onda de crescimento, o Grupo Carro e Sofá Limpo (CSL) chega ao quarto ano de atividade com presença em 15 estados e 395 municípios, somando 44 franqueados. “Estamos crescendo muito rápido e o aumento da procura por franquias de baixo investimento deve crescer ainda mais, principalmente pelo momento em que vivemos no País”, avalia Tarcísio Marchiorato, diretor da marca.

O segmento da CSL, serviços de limpeza e conservação, é o sexto mais procurado no Brasil e cresceu 6,2% no último ano, segundo dados da ABF. Além dos números positivos de mercado, o empresário lista como pontos favoráveis ao crescimento de sua marca o baixo investimento inicial, a não cobrança de royalties nem de taxas administrativas/marketing, o contrato de adesão sem burocracia, a linha exclusiva de produtos, a proximidade do suporte e a gestão colaborativa.

“Percebemos em muito de nossos franqueados que, além de ter o próprio negócio, as pessoas estão buscando hoje em dia uma franquia para complemento de renda. Nosso modelo de negócio permite realizar o trabalho nos finais de semana e em períodos alternativos”, diz.

Marchiorato revela que a aquisição de uma franquia da CSL é um processo bem rápido e descomplicado, com investimento inicial de R$ 19,9 mil, valor que pode ser parcelado. O custo mensal do franqueado com os insumos (produtos para utilizar nos serviços) é de apenas R$ 500. Não há outras taxas mensais. Ao fechar o negócio, o empreendedor recebe o equipamento de trabalho, uniforme, máquina de cartão, kit inicial de produtos, sistema de controle, assessoria técnica e de marketing, materiais gráficos e digitais para divulgação, além do treinamento realizado na sede do grupo, em Curitiba (PR) ou em Balneário Camboriú (SC).

O diretor explica que já em 30 dias é possível o franqueado estar operando, e realizando, em média, de 30 a 35 atendimentos mensais, em cidades pequenas, e de 70 a 80 atendimentos em cidades grandes e capitais.

Tags , , , , , .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.