Como a automação de processos impacta os negócios e o dia a dia dos colaboradores

RPA otimiza o uso de mão de obra humana e traz questionamentos sobre o futuro do trabalho e das contratações nas empresas


Os processos de automação como RPA (Robotic Process Automation) estão presentes na rotina de indústrias e empresas e impactam diretamente no desempenho das companhias. A robotização é uma solução para lidar com tarefas repetitivas de alto volume e baixo valor sem dispor de mão de obra da equipe.

Entre as vantagens do RPA estão o aumento da qualidade ao eliminar a possibilidade de erro humano, os níveis de entrega se tornam mais eficientes e os custos operacionais são reduzidos consideravelmente, melhorando o ROI (Return of Investment) das empresas. Um exemplo dessa tecnologia são os robôs de autoatendimento por chat ou telemarketing.

De acordo com Rogério Falzoni, Diretor Executivo do Gi BPO, divisão de Business Process Outsourcing da Gi Group Brasil, o RPA promove mudanças impactantes na maneira como a gerência está se aproximando dos trabalhadores e como isso altera a dinâmica do espaço de trabalho. “A convergência de pessoas, processos e tecnologia está superando o medo de interrupção no trabalho, perda de emprego e ansiedade por desempenho”, explica.

E qual é o papel dos humanos neste cenário tecnológico? Com menos tarefas repetitivas de baixo valor, a equipe pode desbloquear o potencial de criatividade. “O RPA elimina a labuta do trabalho de rotina e prepara o terreno para os trabalhadores desempenharem um papel mais decisivo em áreas onde o toque, o cuidado e a criatividade humanos são essenciais”, afirma Falzoni.

Sendo assim, a Gi Group Brasil vem há algum tempo buscando alternativas para atuar em um cenário que permita o uso de trabalhadores digitais e mão de obra humana de maneira equilibrada, possibilitando melhor qualidade de vida aos colaboradores, melhoria na qualidade das entregas e simplificação de processos. Tudo isso com foco na satisfação de seus clientes.

As etapas do caminho na busca do “Digital BPO” já estão definidas. Inicialmente foi criada uma área de inovação, responsável pela construção de soluções com o uso de plataformas RPA, passando pela capacitação de nossa equipe de vendas e operações, além da elaboração de plano de parcerias com os principais players de soluções de RPA.

“As próximas ações já estão em andamento; Vamos dar continuidade à busca de oportunidades de automação de processos e tarefas que realizamos em nossos atuais e futuros clientes. Para finalizarmos é importante ressaltar que a GI Group tem como missão “Transformar o mercado de trabalho e impactar positivamente a vida das pessoas”, portanto, nosso objetivo com o uso do RPA embarcado em nossas ofertas de BPO é aproveitar o talento de nossos colaboradores em tarefas voltadas para o cliente ao invés das tarefas repetitivas que não agregam valor”, conclui.